Abatido, Serra reconhece a derrota e deseja que petista mantenha conquistas da atual gestão
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Abatido, Serra reconhece a derrota e deseja que petista mantenha conquistas da atual gestão

Redação

28 de outubro de 2012 | 20h44

Flávia D’Angelo, de O Estado de S.Paulo

O candidato do PSDB, José Serra, derrotado neste domingo, 28, na disputa pela Prefeitura de São Paulo, fez seu primeiro discurso após a divulgação do resultado da eleição municipal. Abatido, Serra começou sua fala agradecendo todos os envolvidos em sua campanha eleitoral e destacou as conquistas da gestão atual, de Gilberto Kassab (PSD), aliado político do tucano. Ao desejar sorte ao novo prefeito, Serra afirmou que o eleitor cobrará as promessas de campanha.”As pessoas estarão atentas para as cobrança das propostas apresentadas (por Haddad)”.

Em um discurso de menos de 10 minutos, o tucano fez um balanço da campanha e agradeceu os 2,6 milhões de votos obtidos na disputa. “Nossa campanha foi uma campanha a favor de SP. Uma campanha limpa, propositiva e que defendeu a ética na vida pública”. Serra disse ainda que foi muito bem recebido pelo eleitor de São Paulo. “Esse contato renovou a minha disposição e as minhas ideias”.

Ao terminar a sua fala, o tucano evitou traçar qualquer plano, mas não deixou de repetir o bordão muito usado durante a sua campanha. “Como disse, termino a campanha com mais energia, mais vigor, mais disposição e com ideias renovadas de que quando comecei. Vamos em frente”.

Veja os principais momentos do discurso:

20h52 – Serra deixa então o púlpito e é cumprimentado pelo governador de São Paulo e pelo candidato derrotado a vice, Alexandre Schneider (PSD).

20h52– Sera termina o seu discurso.

20h52 – “Como disse, termino a campanha com mais energia, mais vigor, mais disposição e com ideias renovadas de que quando comecei. Vamos em frente”.

20h52 – Ao falar sobre o governo atual, ele diz que espera que as conquistas sejam mantidas.

20h51 – Ele deseja boa sorte ao novo prefeito. “As pessoas estarão atentas para as cobrança das propostas apresentadas”.

20h50 – “Chego ao final desta campanha com essa energia, essas ideias e essa disposição, maior do que quando entrei na campanha. Me sinto revigorado. As urnas falaram e ela é soberana”.

20h49 – Serra pontua que foi recebido muito bem pelos eleitores de São Paulo. “Esse contato renovou a minha disposição e as minhas ideias (…) Nossa campanha foi uma campanha a favor de SP. Uma campanha limpa, propositiva e que defendeu a ética na vida pública”.

20h48 – “Quero agradecer os 2,6 milhões de eleitores que acreditaram em nós”.

20h47 – Serra cita nomes dos principais coordenadores de sua campanha. “Sempre fico com receio de faltar algum nome”.

20h47 – Serra sobe no púlpito e agradece todos, inclusive a militância dos partidos aliados. “Queria agradecer companheiros de jornada nesta campanha”.

20h46 – Militantes tucanos aplaudem a chegada do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Ele cumprimenta Serra.

20h45 – Entre os aliados, ele conversa com Guilherme Afif (PSD) e Gilberto Kassab (PSD).

20h44 – José Serra cumprimenta as lideranças partidárias e, em breve, fará o seu discurso.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

eleições 2012José SerraPSDB-SP

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.