As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

ANJ repudia ameaças contra jornalista

Camila Tuchlinski

30 Julho 2010 | 16h11

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgou nota na tarde desta sexta-feira para repudiar a ameaça de agressão e os insultos contra o jornalista da revista IstoÉ Hugo Marques pelo senador e ex-presidente da República Fernando Collor de Mello (PTB-AL). “É inadmissível que qualquer candidato a cargo público manifeste tamanho desconhecimento do papel da imprensa nas sociedades democráticas a ponto de reagir a notícias”, escreve o vice-presidente da entidade, Júlio César Mesquita.

Leia abaixo a íntegra do texto:

NOTA À IMPRENSA

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) repudia a ameaça de agressão e os insultos proferidos contra o jornalista Hugo Marques pelo senador e ex-presidente da República Fernando Collor de Mello (PTB-AL), em ligação feita para a redação da sucursal de Brasília (DF) da revista IstoÉ – e cuja gravação vem sendo veiculada pela internet -, na tarde da última quinta-feira (29).

É inadmissível que qualquer candidato a cargo público manifeste tamanho desconhecimento do papel da imprensa nas sociedades democráticas a ponto de reagir a notícias – no caso factuais e baseadas em informações da Justiça Eleitoral – com destempero e truculência. Atitude tanto mais condenável por se tratar de cidadão que já exerceu os mais altos postos da República.

No momento em que se inicia mais uma campanha eleitoral, a ANJ espera que, a exemplo da imensa maioria do eleitorado, que tem se comportado com civilidade eleição após eleição, também os candidatos ajam com espírito democrático, decoro e respeito às instituições e às liberdades.

A ANJ insiste junto às autoridades competentes para que assegurem a plena vigência dos princípios constitucionais de liberdade de expressão e promovam a imediata apuração dos eventuais abusos, assim como o devido processo legal nos casos comprovados de atropelos aos referidos princípios.

Brasília, 30 de julho de 2010

Júlio César Mesquita
Vice Presidente da ANJ
Responsável pelo Comitê de Liberdade de Expressão”

selinho_twitter2

Mais conteúdo sobre:

ameçasANJImprensajornalista