Ana de Hollanda deve deixar Ministério da Cultura
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ana de Hollanda deve deixar Ministério da Cultura

Lilian Venturini

11 de setembro de 2012 | 11h06

O Estado de S.Paulo – ampliada às 11h28

A ministra da Cultura, Ana de Hollanda, deve deixar o cargo ainda nessa terça-feira, segundo informações da Folha de S.Paulo. A senadora petista Marta Suplicy (SPT) seria a cotada para assumir a pasta.

De acordo com as agendas da ministra e da Dilma, está prevista uma audiência nesta tarde. A participação da senadora na campanha de Haddad teria sido decisiva para a mudança, que já estaria prevista para ocorrer após as eleições municipais.

 

Desde o início do governo Dilma no ministério, Ana de Hollanda enfrentou críticas contra sua gestão. Quando assumiu a pasta, em 2011, a cantora Ana de Hollanda alterou o andamento de projetos dos antecessores Gilberto Gil e Juca Ferreira, entre eles o projeto de reforma da lei de direitos autorais.

Em março deste ano, sua situação ficou mais delicada após denúncias de que o MinC advogou em favor do Escritório de Arrecadação e Distribuição de Direitos (Ecad) em um processo no qual a instituição autoral era acusada de cartelização e gestão fraudulenta. Na ocasião, se disse vítima de uma “campanha de má-fé” e criticou a cobertura da imprensa no caso.

Em seguida, artistas, intelectuais e militantes pediram publicamente sua saída da pasta em um manifesto eletrônico, em que apontavam o despreparo de Ana de Hollanda para ocupar o cargo.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.