As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aloysio Nunes: ‘Mensalão ainda irá cobrar o seu preço’

Redação

28 de outubro de 2012 | 22h46

Guilherme Waltemberg, Alvaro Campos e Ricardo Chapola

O senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) afirmou hoje que a população brasileira está “processando” o escândalo do mensalão e que o episódio ainda terá consequências negativas para o PT. “O partido não esboçou a menor autocrítica ao longo dos últimos sete anos. O que me espanta é a desfaçatez do ex-presidente Lula em dizer que isso não aconteceu”, disse neste domingo (28), no comitê da campanha tucana, no centro da São Paulo. “A população ainda está processando, metabolizando, mas isso ainda vai cobrar o seu preço.”

Nunes disse que chega ao fim do processo eleitoral com orgulho de ser companheiro do candidato derrotado à prefeitura da cidade, José Serra. O senador evitou apontar possíveis erros na campanha e defendeu ainda a atual gestão do prefeito Gilberto Kassab. “A gestão do Kassab é profundamente subestimada. Se nós compararmos com as administrações do PT, a gestão Kassab é melhor em todos os itens.”

Diferentemente de outros líderes do PSDB, que cobraram uma renovação do partido após a derrota em São Paulo, Nunes foi mais cauteloso e disse que a sigla tem novos quadros despontando em todos os campos. “O partido, para viver, precisa estar sempre se renovando, mas renovar mantendo as pessoas que são referência. A renovação não pode ser novidadeira.”

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.