As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Alencar: “Câncer está sendo espantado no tiro”

Camila Tuchlinski

01 de junho de 2010 | 12h35

Por Carol Pires, de Brasília

O vice-presidente da República, José Alencar, contou, na manhã desta terça-feira, que foi internado às pressas na semana passada por causa dos efeitos colaterais do tratamento a que está se submetendo por causa do câncer. No entanto, Alencar garantiu que a doença está regredindo a cada dia.

“Agora eu fui internado às pressas por causa de efeitos colaterais, mas o tumor nós estamos espantando ele no tiro. Ele está indo embora e vamos ganhar dele”, afirmou o vice-presidente. José Alencar foi um dos homenageados pelo Senado em sessão solene esta manhã, durante entrega do prêmio José Ermínio de Moraes.

Alencar também comentou que decidiu não disputar uma vaga ao Senado por causa da doença. Segundo o vice-presidente, fazer quimioterapia durante a disputa poderia confundir a cabeça do eleitor.

Tudo o que sabemos sobre:

AlencarcâncerSenado

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.