As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Alckmin fecha aliança com 5 nanicos

Lilian Venturini

29 de abril de 2014 | 15h17

Ricardo Chapola

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), fechou nesta terça-feira, 29, aliança com cinco partidos “nanicos” – aqueles com menor representatividade na Câmara dos Deputados – para sua campanha à reeleição. O tucano atraiu para a sua chapa o PTC, PTN ,PSL, PT do B e o PEN. Ele ainda negocia com o PMN, que também deve se coligar.

Alckmin vai formalizar todos os acertos numa reunião que será realizada na noite desta terça, no Palácio dos Bandeirantes, com os presidentes das legendas.

Sem o PMN, os cinco novos aliados darão a Alckmin oito segundos a mais de exposição na propaganda eleitoral do tucano no rádio e na TV. O governador passaria então a ter 6m05s de exposição e uma chapa integrada por 11 aliados (PPS, DEM, PSC, PRB, Solidariedade, PTB, PROS, PTC, PTN, PSL, PT do B e PEN). Se fechar de fato com o PMN, Alckmin contará com uma coligação de 12 partidos e saltará para 6min07s de tempo de TV no horário eleitoral.

Mais conteúdo sobre:

eleições 2014Geraldo Alckmin