As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aécio traz Pimenta da Veiga para giro na capital paulista

Lilian Venturini

28 de abril de 2014 | 11h10

Pedro Venceslau e Elizabeth Lopes

O ex-ministro Pimenta da Veiga, pré-candidato do PSDB ao governo de Minas Gerais, acompanha o senador Aécio Neves (PSDB-MG) em um giro pela capital paulista. Pimenta é investigado pela Polícia Federal em inquérito por lavagem de dinheiro por suspeita de ter recebido R$ 300 mil das agências de publicidade de Marcos Valério, condenado no mensalão.

Na manhã desta segunda-feira, 28, Pimenta participa ao lado de Aécio de encontro na Associação Comercial do Estado de São Paulo. O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), também está no evento. O ex-ministro esteve nesse domingo, 27, na casa do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) para um jantar que reuniu lideranças do PSD no Estado, como o presidente da sigla Jaime Martins, e tucanos como o governador Geraldo Alckmin e o ex-governador José Serra.

Na semana passada, o PSDB de Minas intensificou a campanha de Pimenta e promoveu ato em Diamantina (MG) para dissipar rumores de que ele deixaria a disputa pelo governo mineiro em razão do indiciamento da PF por lavagem de dinheiro. O inquérito do qual o pré-candidato é alvo foi aberto no ano passado, como um desmembramento da denúncia do mensalão mineiro.

O ex-ministro também esteve presente no encontro promovido recentemente pela associação comercial com o ex-governador Eduardo Campos, pré-candidato do PSB à Presidência.

Elogio e alfinetada. Durante o encontro com integrantes da associação, Aécio fez um afago ao ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos (PSD). “Afif é o homem certo no governo errado” disse o tucano ao se referir ao governo Dilma. Aécio revelou que marcou “uma conversa” com o ministro de Dilma.

No fim do dia, Aécio se encontra com vereadores do PSDB paulistano e na quarta-feira, 30, o senador participa da feira agropecuária Agrishow, em Ribeirão Preto. Na quinta, 1º de maio, o senador participa dos eventos da Força Sindical em comemoração ao Dia do Trabalhador.