As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aécio e empresário negam existência de jantar no qual tucano teria dito que fundaria novo partido

Camila Tuchlinski

17 de setembro de 2010 | 15h43

Rodrigo Alvares

O ex-governador de Minas Gerais e candidato ao Senado Aécio Neves (PSDB) desmentiu, através de sua assessoria, matéria publicada nesta sexta-feira pela revista Carta Capital de que ele sairia da sigla para fundar um novo partido depois das eleições deste ano. “A noticia não tem qualquer fundamento. É mais uma especulação sem qualquer relação com a realidade. Não apenas continuo no PSDB, como pretendo dar uma bela vitória em MG”.

Segundo a reportagem da revista, o tucano teria feito a revelação durante um jantar com convidados importantes na casa do empresário Alexandre Accioly há duas semanas, no Rio de Janeiro. Sobre o suposto encontro, Aécio foi enfático: “Não tenho a menor ideia de que esse jantar tenha existido”.

Contatado pelo Radar Político, Accioly afirmou que não faz jantares para ninguém em sua casa desde o seu casamento, há quatro meses. “A última vez em que o Aécio veio ao Rio foi há dois meses. E tem mais: nunca ouvi qualquer colocação, suposição ou de brincadeira que ele fosse sair do PSDB”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

Aécio NevespartidoPSDB

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.