A vitória de Dilma nas capas dos jornais
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A vitória de Dilma nas capas dos jornais

Jennifer Gonzales

01 de novembro de 2010 | 17h27

Jair Stangler

A vitória de Dilma Rousseff (PT) no segundo turno das eleições presidenciais deste domingo, 31, estampa as capas de diversos jornais pelo Brasil e pelo mundo. O site ‘Newseum’, uma espécie de museu virtual do jornalismo, permite que se tenha acesso a muitas dessas capas.

Na seção América do Sul, por exemplo, a maioria das capas é para a vitória de Dilma – o que não acontece em outras regiões.

O jornal ‘Clarín’, um dos principais da Argentina, manchetou que “‘También en Brasil una mujer llegó a la Presidencia”. Na mesma página, aparece a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, retornando a Buenos Aires para retomar suas atividades após cumprir período de luto pela morte de seu marido, o ex-presidente Néstor Kirchner. A vitória de Dilma também é destaque de outros jornais do País, bem como o ineditismo de ter o Brasil uma mulher na Presidência. O “Hoy”, do Equador, manchetou: “Dilma, la 12ª presidenta de America”.

A página também traz capas de muitos jornais brasileiros, inclusive a capa de ‘O Estado de S.Paulo’, que destacou a importância do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que Dilma chegasse à vitória (“A vitória de Lula”) . O ‘Jornal da Tarde’, também do Grupo Estado, brincou com um dos jargões mais populares do presidente Lula para destacar que esta é a primeira vez que uma mulher alcança a Presidência da República no País: “Nunca antes”.

Jornais de Estados que tiveram segundo turno destacaram também o vitorioso no Estado, como no caso do Diário do Pará, que deu manchete para a vitória do tucano Simão Jatene ao governo do Estado, e de Dilma na briga pelo Planalto.

A manchete de ‘O Estado de Minas’ faz menção à origem mineira da presidente, “Mineira será a primeira presidente”. Os gaúchos também reivindicam a “nacionalidade” de Dilma. O jornal ‘O Pioneiro’, de Caxias do Sul, manchetou: “Gaúcha por adoção é eleita presidente”. Para “O Diário de Santa Maria”, “Gaúcha de coração faz história”.

 

A eleição da primeira mulher também ganha destaque, em sua forma mais óbvia, o “Super Notícia” de Belo Horizonte: “O Brasil elege a 1º mulher presidente”, até formas mais brincalhonas, como Acabou o clube do bolinha, do jornal “Extra, do Rio, ou “Brasil cor-de-rosa”, do Diário do Grande ABC, de Santo André.

Clique aqui para ver outras capas destacando a vitória de Dilma.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.