A semana política: pesquisas, quebra de sigilo e guerra de ações no TSE acirram eleição
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A semana política: pesquisas, quebra de sigilo e guerra de ações no TSE acirram eleição

Camila Tuchlinski

24 Julho 2010 | 19h20

Rodrigo Alvares

Segunda-feira (16/07)

1907-480

‘Todo mundo sabe’ da ligação do PT com as Farc, diz Serra

Eduardo Kattah, de Belo Horizonte (MG)

O presidenciável tucano José Serra afirmou nesta segunda-feira, 19, em Minas Gerais, que “todo mundo sabe” da ligação do PT com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), mas salientou que isso não significa que o partido tenha vínculos com o narcotráfico.

Índio da Costa vem a SP discutir declarações sobre ligação de PT às Farc; assista ao vídeo

Rodrigo Alvares e André Mascarenhas

“Todo mundo sabe que o PT é ligado às Farc, ligado ao narcotráfico, ligado ao que há de pior. Não tenho dúvida nenhuma disso”, afirmou Índio. De acordo com fontes no DEM, o deputado está em São Paulo para uma reunião com a cúpula da campanha, na qual será discutida a repercussão do episódio. Há alguns minutos, Índio escreveu em seu Twitter que o “PT não faz narcotráfico. As Farc, sim”.

Segundo um dos coordenadores da campanha do presidenciável tucano, as declarações são resultado da falta de experiência do deputado: “O Índio é um pouco inexperiente, pode dar algumas bolas foras no começo, mas conforme a campanha for avançando, ele vai acertar o discurso”.

PT vai entrar com ações criminal e civil contra Índio e ação eleitoral contra o PSDB

Rodrigo Alvares

Em entrevista coletiva, o presidente do PT, José Eduardo Dutra, disse que o partido vai entrar com uma ação criminal por injúria e difamação e uma ação civil por danos morais contra o candidato a vice-presidente na chapa de José Serra, Índio da Costa, além de uma ação eleitoral contra o PSDB. No processo, o PT pedirá direito de resposta a ser veiculada no site do PSDB, já que foi neste espaço que o partido divulgou as declarações em que o deputado afirma que o PT tem relação com as Farc e com o narcotráfico.

Terça-feira (20/07)

2007-480

Aliados tentam minimizar acusações de vice de Serra sobre o PT e as Farc

Integrantes do PSDB e Democratas em Goiás tentaram minimizar as afirmações do indicado a vice-presidente na chapa dos dois partidos, Índio da Costa (DEM-RJ). No fim de semana, Costa afirmou que o PT teria ligação com o narcotráfico e com os guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Ontem (19) o PT entrou com uma representação contra o candidato na Justiça Eleitoral.

Dilma Rousseff é multada pela 6ª vez por propaganda antecipada irregular

Radar Político

O ministro Henrique Neves decidiu multar o Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores no Amazonas, a candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff e a professora Marilene Corrêa por irregularidade durante a propaganda político-partidária do PT nas inserções de rádio veiculadas no estado no último mês de junho. O PT-AM foi multado em R$ 30 mil; Dilma Rousseff em R$ 5 mil; e Marilene Corrêa em R$ 5 mil.

TV Estadão: “Dilma vai crescer e nos ajudar na campanha”, diz Mercadante

O candidato do PT ao governo de SP, Aloizio Mercadante, inaugurou seu comitê administrativo na zona oeste da capital paulista. Para ele, um de seus trunfos nesta eleição é o apoio de Lula e Dilma.

Kassab usa horário do almoço para reforçar campanha de Alckmin

André Mascarenhas

O prefeito chegou ao comitê, localizado no Edifício Praça da Bandeira (antigo Joelma), no centro de São Paulo, às 12h30, acompanhado de sua vice, Alda Marco Antônio (PMDB). Questionada se ele estaria fazendo campanha durante o expediente, a assessoria de Kassab – que também é presidente do DEM em São Paulo – argumentou que todas as agendas eleitorais do prefeito são marcadas para a hora do almoço ou após o horário comercial.

Quarta-feira (21/07)

2107

Sindireceita questiona que apenas nome de servidora tenha vazado

Rodrigo Alvares

O presidente em exercício do Sindicato Nacional da Carreira Auditoria da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), Hélio Bernardes, saiu em defesa da analista tributária Antonia Aparecida Rodrigues dos Santos Neves Silva, principal suspeita da quebra de sigilo do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge Caldas Pereira. Para Bernardes, se há comprovação de que outros servidores tiveram acesso aos dados, não é possível provar que Antonia é a culpada.

Marina entra em briga por ‘paternidade’ dos genéricos

Daiene Cardoso, da Agência Estado

A campanha de Marina Silva à Presidência da República resolveu entrar na briga pela paternidade dos medicamentos genéricos. O blog da candidata do PV destaca Eduardo Jorge, atual secretário municipal do Verde e Meio Ambiente de São Paulo, como “verdadeiro autor” da lei.

Portal do Ministério do Planejamento retira do ar matéria sobre Índio da Costa

Rodrigo Alvares

O portal do Ministério do Planejamento apagou de seu canal no YouTube a íntegra de reportagem do Jornal da Noite (Band) que foi ao ar no dia 19, na qual José Serra (PSDB), Sérgio Guerra (PSDB), Dilma Rousseff (PT), José Eduardo Dutra (PT) e Paulo Bernardo (PT) repercutem as declarações feitas pelo vice na chapa do tucano, Índio da Costa (DEM), de que o PT é ligado às FARC e ao narcotráfico. Na matéria, Bernardo chama Índio de “idiota”.

Depois de ser contatada pelo Radar Político sobre o vídeo, a assessoria de imprensa da pasta retirou a reportagem do ar no início da tarde de hoje e a substituiu por uma matéria da NBR sobre o “Minha Casa, Minha Vida”. Nenhum assessor do ministério foi encontrado para comentar a mudança. Entretanto, o site da TV Bandeirantes mantém a reportagem no ar. Mais tarde, o ministério divulgou nota e disse “lamentar o erro”.

mp3

João Bosco Rabello: PT e Farc, uma antiga relação ideológica que encontrou abrigo no governo brasileiro

Acusar o PT de vínculo com o narcotráfico, como o fez o deputado Índio da Costa, candidato a vice de José Serra, é um reducionismo indevido que compromete a verdadeira crítica a ser feita ao governo Lula – de vista grossa com a ligação entre o movimento e o narcotráfico.

À essa postura é atribuída uma ação insuficiente no policiamento de fronteira, onde em nome de uma causa política a Farc operam de braços dados com o crime organizado.

Dilma refuta ligações com quebra de sigilo de tucano

Vera Rosa, da Sucursal de Brasília

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, reagiu hoje com contrariedade às insinuações sobre envolvimento de petistas na quebra de sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge Caldas. Ao ser questionada, em entrevista ao programa “3 a 1”, da TV Brasil, se a equipe de sua campanha estaria produzindo dossiês contra os tucanos, Dilma não escondeu a irritação.

“Quem deduzir isso está fazendo ilações infundadas, está jogando acusações sem prova e está, sobretudo, cometendo injúria e difamação”, afirmou a petista. “Este tipo de dedução só leva à criação de um ambiente de pouca seriedade no Brasil”.

Quinta-feira (22/07)

2207-480

Serra cobra explicações do PT sobre laços com Farc

Elder Ogliari, de Porto Alegre (RS)

Em entrevista à rádio Guaíba (RS) nesta quinta-feira, o candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, voltou a cobrar explicações do PT por sua ligação com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). O tucano repercutiu as declarações polêmicas de seu vice, Indio da Costa (DEM), que na semana passada associou o PT ao narcotráfico.

“O que ele falou foi uma banalidade, de que o PT é ligado às Farc”, afirmou Serra. “Tem evidências abundantes do que são as Farc. São sequestradores, cortam cabeças de gente, são terroristas. Fazem narcotráfico”.

TSE dá direito de resposta ao PT por declarações de Índio

Mariângela Gallucci e Andrea Jubé Vianna, da Sucursal de Brasília

O ministro Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), condenou o PSDB a veicular por dez dias no site “Mobiliza PSDB” uma resposta do PT às recentes declarações do candidato a vice de José Serra (PSDB), Índio da Costa (DEM), que ligou o partido adversário ao tráfico de drogas. O PSDB recorreu da decisão.

Dilma diz que participará apenas de 4 debates eleitorais

Anne Warth, da Agência Estado

A candidata da PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, confirmou hoje que participará apenas de quatro debates eleitorais promovidos pelas redes de televisão aberta Bandeirantes, Record, Rede TV e Globo. “Nos demais, infelizmente não iremos comparecer”, disse Dilma, em entrevista à rádio Marano, de Garanhuns (PE), concedida na manhã de hoje.

Análise eleitoral: Tensão na campanha

João Bosco Rabello, diretor da sucursal de Brasília do jornal “O Estado de S.Paulo”, comenta o acirramento da corrida presidencial.

Oito dos nove candidatos à Presidência estão com problemas de documentação no TSE

Andrea Jubé Vianna, da Sucursal de Brasília

Apenas um dos nove candidatos à Presidência da República nas eleições deste ano não apresentou falhas burocráticas no pedido de registro de candidatura, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os demais, incluindo José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), que lideram as pesquisas, terão 72 horas a partir da intimação para sanar as irregularidades.

“Ministério do Planejamento tem funcionado mais como comitê eleitoral”, diz Sérgio Guerra

Rodrigo Alvares

O presidente Nacional do PSDB, Sérgio Guerra (PE), declarou há pouco que “se tiver caminho legal, vamos representar contra o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo”, por uso da máquina pública em favor da campanha de Dilma Rousseff (PT). “O ministro tem andado muito excitado. O ministério dele tem servido mais como comitê eleitoral”, afirmou Guerra.

O portal do Ministério do Planejamento publicou e depois apagou de seu canal no YouTube a íntegra de reportagem do Jornal da Noite (Band) que foi ao ar no dia 19, na qual Paulo Bernardo critica as declarações feitas pelo vice na chapa do tucano, Índio da Costa (DEM), de que o PT é ligado às FARC e ao narcotráfico.

Após recusas de Dilma e Serra, portais cancelam debate online

Os portais iG, MSN, Terra e Yahoo! decidiram na noite desta quinta-feira cancelar a realização do debate online entre os candidatos à Presidência da República, que seria realizado na próxima segunda-feira, dia 26 de julho, às 15 horas, de acordo com nota divulgada pela TV1, organizadora do evento.

Sexta-feira (23/07)

2307

Pesquisa Vox Populi mostra Dilma com 41%, Serra com 33% e Marina com 8%

Pesquisa Vox Populi/Band/iG divulgada nesta sexta-feira pelo Jornal da Band dá liderança de oito pontos porcentuais à candidata petista Dilma Rousseff em relação ao tucano José Serra. Dilma tem 41% das intenções de voto, enquanto Serra tem 33% e Marina Silva (PV) 8%. No segundo turno, Dilma teria 46% e Serra, 38%.
vox_populi_1turno (2)

Pimentel processará Serra por vinculá-lo à quebra de sigilo de Eduardo Jorge

O ex-prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT-MG), repudiou nesta sexta-feira, 23, em nota, as declarações do candidato do PSDB à Presidência, José Serra, e prometeu ir à Justiça contra o tucano. Serra apontou suposto envolvimento de Pimentel com a violação do sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge.

TSE dá direito de resposta a Dilma e PT por conta das acusações de Índio

Mariângela Gallucci, da Sucursal de Brasília

O Tribunal Superior Eleitoral concedeu direito de resposta à presidenciável Dilma Rousseff e ao PT por conta das acusações do candidato a vice-presidente na chapa de José Serra (PSDB), Índio da Costa (DEM), para quem o PT teria ligações com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). A decisão dará à petista a possibilidade a publicar uma resposta às acusações na capa do site Mobiliza PSDB, durante dez dias.

Sábado (24/07)

2407-480

Datafolha mostra Serra e Dilma em empate técnico; Marina tem 10%

Os candidatos à Presidência José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) permanecem tecnicamente empatados, segundo pesquisa Datafolha realizada entre os dias 20 e 23 de julho e publicada neste sábado, 24, pelo jornal Folha de S. Paulo. O tucano aparece com 37% das intenções de voto, contra 36% de Dilma. Marina Silva, do PV, tem 10%. A margem de erro é de dois pontos porcentuais.

TSE suspede direito de resposta do PT no site do PSDB

Andrea Jubé Vianna, da Sucursal de Brasília

O ministro Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), concedeu, na tarde deste sábado, 24, efeito suspensivo ao recurso do PSDB contra o direito de resposta do PT às recentes declarações do candidato a vice na chapa de José Serra, Índio da Costa (DEM-RJ). Em entrevista ao portal “Mobiliza PSDB”, o democrata associou o PT ao narcotráfico e às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Leia a resposta do PT às declarações de Índio da Costa

Isso significa que o portal tucano não está obrigado a veicular o vídeo com a resposta do PT enquanto o plenário do TSE não julgar o recurso, o que só vai acontecer em agosto. Na decisão, o relator ressaltou que o efeito suspensivo “é limitado à veiculação da resposta”, reafirmando a proibição de divulgar a entrevista no sítio tucano.

selinho_twitter2

Mais conteúdo sobre:

BrasíliaEleiçõessemana política