A semana política: o primeiro debate presidenciável e as pesquisas Ibope e CNT/Sensus
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A semana política: o primeiro debate presidenciável e as pesquisas Ibope e CNT/Sensus

Camila Tuchlinski

07 de agosto de 2010 | 15h14

Rodrigo Alvares

Segunda-feira (02/08)

0208-480

TV Estadão: Serra descarta mudar rotina para estudar para debate

Em caminhada no bairro da liberdade, candidato do PSDB à Presidência disse estar preparado diariamente para enfrentar debates.

Tesoureiro de Dilma está na lista de candidatos barrados pela Ficha Limpa

Rodrigo Alvares

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) de São Paulo concluiu a análise de todos os pedidos de registro de candidatura feitas no Estado. A última lista trouxe 15 novos nomes barrados pela Lei da Ficha Limpa, entre eles o de José de Filippi Junior, tesoureiro da candidata à Presidência Dilma Rousseff, do PT.

Pesquisas pós horário político e debates é que podem indicar tendência

João Bosco Rabello

As pesquisas mais valorizadas – e esperadas – são as que virão após o início do horário político, em 17 de agosto, já realizado o primeiro debate entre os candidatos.

São as mais esperadas porque a televisão será mais decisiva nessa campanha do que foi em outras, como atesta o publicitário Marcos Coimbra, da Vox Populi, instituto que registrou em sua última pesquisa Dilma Rousseff oito pontos à frente de seu principal rival, José Serra.

O raciocínio de Coimbra é de que as limitações legais impostas pelo Tribunal Superior Eleitoral a mídias tradicionais como shows, comícios, cartazes de rua, entre outras que mobilizam o eleitorado, aumentaram a influência da TV.

Terça-feira (03/08)

0307-480

Site da campanha de Netinho viola a lei e oferece ingressos para eleitores

André Mascarenhas

A campanha do candidato do PC do B ao Senado por São Paulo, Netinho de Paula, está oferecendo a participação em shows do cantor aos eleitores que responderem a um quiz em seu site, conduta que pode configurar crime eleitoral. Minutos após o blog entrar em contato com a campanha de Netinho para obter esclarecimentos sobre a situação, às 11h29 de hoje, a página da promoção havia sido tirada do ar, embora ainda houvesse um link para ela na homepage do candidato. Por volta das 12h55, o site inteiro estava fora do ar.

site_netinho_quiz_inscricao

Em destaque, site oferece participação em show do candidato para quem acertar o quiz. Imagens: Reprodução

O blog identificou pelo menos dois artigos do código eleitoral que caracterizam a infração. Se enquadrado pelo artigo 334 da legislação, a campanha poderá ter de responder por conduta criminosa. O dispositivo veda a “distribuição de prêmios e sorteios para propaganda ou aliciamento de eleitores”. “O que ele está sorteando é um show, que custa dinheiro”, exemplifica o advogado Ricardo Vita Porto. A pena, segundo o Código Eleitoral, é de detenção de seis meses a um ano e cassação do registro se o responsável for o candidato.

‘Não vamos confundir gerenciamento com programa’, diz Marina Silva sobre PAC

Rodrigo Alvares

A candidata do PV à Presidência, Marina Silva, voltou a criticar a política de infraestrutura do Brasil. Para a senadora, “o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) é um projeto de gestão, não se pode chamar um projeto de gestão de programa. Não vamos confundir gerenciamento de obras com programa. É necessário que o País invista em infraestrutura para ter o crescimento sustentável nas próximas décadas”.

MARINA0015

Senadora se reuniu com dirigentes do setor financeiro. Foto: Epitácio Pessoa/AE

Em SP, Gabeira participa de evento com Serra e minimiza resultado de pesquisa

André Mascarenhas

Ao lado do presidenciável tucano, José Serra, no zona Sul de São Paulo, o candidato do PV ao governo do Rio de Janeiro, Fernando Gabeira (PV), negou que haja constrangimento em participar de agenda de um dos adversários da postulante de seu partido ao Planalto, Marina Silva.

gabeira_serra_SP_ErnestoRodriguesAE03082010

Serra e Gabeira visitam centro médico na zona sul de São Paulo

Gabeira minimizou a última pesquisa Ibope/Estado/TV Globo, no qual aparece 44 pontos atrás do atual governador Sérgio Cabral (PMDB), candidato à reeleição. “As pesquisas nesse momento não representam muito para mim e possivelmente não representarão nos próximos dias”, afirmou.

Análise: pesquisas eleitorais

José Roberto de Toledo, colunista de “O Estado de S. Paulo”, comenta os resultados das últimas pesquisas eleitorais.

Quarta-feira (04/08)

Cinebiografia de Serra o apresenta como “Zezinho da Mooca”

Julia Duailibi

Depois do filme “Lula, o filho do Brasil”, o presidenciável do PSDB, José Serra, ganha sua cinebiografia.

serra2

No documentário “Retratos do Serra”, o tucano é apresentado como “Zezinho”, um cidadão humilde, nascido na Mooca, onde “os vizinhos eram pintores de parede, cobradores de bonde, garçons, operários, quitandeiros, sapateiros e barbeiros”.

Lula apoiou Senado de “má qualidade” que não deseja para a sua candidata

João Bosco Rabello

O rancor da derrota da CPMF no Senado fez o presidente Lula estender o episódio – do qual não deixou de falar desde então – à campanha eleitoral. E desejou à sua candidata, Dilma Rousseff a sorte de um Senado com mais qualidade, se eleita (a ressalva condicional é do jornalista, porque o cenário de derrota não lhe passa pela cabeça, como não passava na votação do imposto).

Poucas vezes no curso de seu mandato Lula empenhou-se tanto – e pessoalmente – na sustentação a lideranças que escaparam da cassação graças ao seu apoio – entre as quais, os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e José Sarney (PMDB-AP), ex-presidente e presidente da Casa respectivamente.

Juventude do DEM reclama de coordenação da campanha de Serra

José Orenstein

Militantes da Juventude do DEM vêm reclamando desde ontem via Twitter da falta de material de campanha de José Serra, do PSDB.

dem.JPG

A partir das 17h desta terça-feira, foi postada série de mensagens em que a Juventude do DEM se queixa de ‘não conseguir trabalhar’ porque o material não chega aos comitês. Três pessoas repercutiram a reclamação, avisando da dificuldade em fazer campanha em Blumenau (SC), Barra do Piraí (RJ) e Petrópolis (RJ).

Procuradoria irá apurar suposta irregularidade em site de Netinho; cantor não comenta

André Mascarenhas

A Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo (PRE) protocolou um expediente para apurar se houve ou não violação da Lei Eleitoral pela campanha do candidato ao Senado pelo PCdoB em São Paulo, Netinho de Paula.

Reportagem publicada no Radar Político mostrou que o site do candidato estava oferecendo a participação em shows do cantor para eleitores que respondessem a um quiz sobre sua vida, conduta que pode configurar crime eleitoral. Após a assessoria de Netinho ser contatada, o site da campanha foi tirado do ar.

Quinta-feira (05/08)

0508-480

Em debate polarizado entre Serra e Dilma, Plínio de Arruda surpreende

André Mascarenhas, Rodrigo Alvares, Anne Warth e Malu Delgado

debate6

Foto: Ernesto Rodrigues/AE

O primeiro debate dos candidatos à Presidência da República, promovido nesta quinta-feira pela TV Bandeirantes, teve como destaques a petista Dilma Rousseff como o principal alvo das perguntas de seus adversários e a desenvoltura do candidato do PSOL, Plínio de Arruda Sampaio.

plinio2

“Eu sou o menos perguntado”, diz Plínio. Foto: Clayton de Souza/AE

Ele reclamou que estava sendo excluído da discussão sempre que tinha a chance. “Se vocês dois fizerem blocão, vou fazer bloquinho com Marina”, disse, por exemplo, para o tucano José Serra e Dilma. Plínio também acusou seus adversários de “bom mocismo” e de evitarem o confronto de ideias. “Esta candidatura é a que contraria todo esse bom mocismo que vejo aqui.”

debate2

Candidatos se cumprimentam no estúdio. Foto: Clayton de Souza/AE

Ao citar ‘menino Dado’, Marina repete tática comum nos EUA

Pedro Doria

Ao citar o menino Dado no encerramento do debate presidencial da Rede Bandeirantes, a candidata do PV Marina Silva estava repetindo uma tática comum em debates americanos.

A ideia é simples. Em um debate, candidatos precisam ilustrar aquilo que veem como os males da sociedade ou os erros de seus adversários. Citar números, leis ou fatos é um método. Personalizar é outro. Ao contar a história de uma única pessoa para ilustrar um problema, o resultado esperado é gerar empatia imediata do público e, principalmente, esticar o assunto por alguns dias na imprensa.

Redes sociais focaram debate já no início da tarde

José Orenstein

O primeiro debate desta campanha eleitoral entre os candidatos à Presidência começou pouco depois das 22h, na Bandeirantes. Mas, muito antes disso, os comentários sobre o encontro entre Dilma Rousseff, José Serra, Marina Silva e Plínio de Arruda Sampaio na TV já movimentavam discussões na internet.

Diferença de Dilma sobre Serra sobe para 10 pontos porcentuais, aponta CNT/Sensus

Carol Pires

A vantagem da candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, sobre o adversário do PSDB, José Serra, passou de 2 para 10 pontos percentuais na pesquisa Sensus divulgada nesta quinta-feira, 5, pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT).

Dilma aparece, nesta pesquisa, com 41,6% das intenções de voto contra 31,6% do candidato tucano. Marina Silva, do PV, tem 8,5%. A pesquisa foi feita entre os dias 31 de julho a 2 de agosto com 2 mil pessoas de todo o país. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos.

Sob críticas, Skaf adota moda antiga de propaganda eleitoral

Ricardo Chapola

Candidato ao governo de São Paulo pelo PSB, Paulo Skaf, resolveu apostar em uma tática à moda antiga de propaganda eleitoral. Em vez de enviar e-mails, postar no microblog e divulgar vídeos, o presidente licenciado da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) tem espalhado cavaletes pela zona oeste da capital, e divulgando seu rosto e seu nome em bicicletas que circulam com a foto do candidato.

SKAF0010

Foto: Epitácio Pessoa/AE

Acostumados com a “limpeza” visual provocada pela lei, moradores e trabalhadores da região onde foram instalados os cavaletes e por onde circulam as bicicletas agora manifestam incômodo com este tipo de propaganda. “Lógico que atrapalha. Existe a Lei Cidade Limpa, inclusive, que obrigou a retirada de painéis de terrenos. Por que, então, isso aqui pode?”, questionou Francisco Aragão, um trabalhador da região.

Sexta-feira (06/08)

0607-480

Dilma consolida vantagem sobre Serra, aponta Ibope

Jair Stangler

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, manteve a vantagem de cinco porcentuais sobre José Serra (PSDB), segundo pesquisa Ibope/Estado/TV Globo realizada entre os dias 2 e 5 de agosto de 2010. A petista continua com os mesmos 39% contra os 34% de Serra da pesquisa anterior, realizada entre 26 e 29 de julho. Marina foi a única a oscilar, indo de 7% para 8%.

João Bosco Rabello

O debate da TV Bandeirantes sinalizou claramente para a necessidade de mudança em regras e conceitos. Sem sorteio prévio de temas, por blocos, para que seja possível aos candidatos um mínimo de tempo para abordagem mais profunda de problemas específicos do País, irá prevalecer a má lógica da superficialidade, que premia os menos preparados e submete o espectador/eleitor a uma análise estrita da performance de cada um.

Após debate da Band, Dilma Rousseff volta a contrapor Lula a FHC

Rodrigo Alvares

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, voltou agora à tarde a apostar na tática de contrapor sua dobradinha com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva à participação de José Serra no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Questionada sobre sua atuação no debate de ontem na TV Bandeirantes, Dilma aproveitou para citar o presidente. “Minha participação foi para defender o projeto do governo Lula. Não achei o debate polarizado e não me senti atacada”, afirmou.
Dilma também voltou a falar que dará continuidade ao governo do presidente Lula. “Cuidarei com carinho de mãe das crianças do País”, falou, seguindo a tônica de discurso feito no fim de julho, durante comício em Natal. A petista pregou à plateia: “O presidente Lula me deixou um legado, que é cuidar do povo brasileiro. Eu vou ser a mãe do povo brasileiro”.

O ‘day after’ do debate entre presidenciáveis no Twitter

José Orenstein

Após o primeiro debate entre presidenciáveis na TV, os candidatos foram ao Twitter repercutir suas participações. Dilma, Serra, Marina e Plínio postaram mensagens no microblog tão logo terminou o encontro na Bandeirantes.

O candidato PSOL, surpresa e sensação do debate, soltou mensagem perto das 2h comemorando seu resultado e o sucesso na rede.

plinio.JPG

TV Estadão: Análise do primeiro debate eleitoral para presidente

Em entrevista a Luis Fernando Bovo, o analista de pesquisas eleitorais José Roberto de Toledo comenta o debate realizado pela Band.

selinho_twitter2

Tudo o que sabemos sobre:

BrasilEleiçõessemana política

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.