A semana política: as ‘Táticas do Medo’ e a pesquisa Ibope
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A semana política: as ‘Táticas do Medo’ e a pesquisa Ibope

Camila Tuchlinski

30 Julho 2010 | 20h47

Rodrigo Alvares

Segunda-feira (26/07)

2607-2-480

Serra: “Todo mundo sabe que as Farc se abrigam na Venezuela”

Em palestra a empresários, o candidato do PSDB à Presidência falou sobre a crise entre Venezuela e Colômbia e também sobre o MST, que segundo ele vai intensificar sua atuação caso Dilma seja eleita.

Jaques Wagner convida Dilmaboy para participar de evento com tuiteiros

Jair Stangler

O governador e candidato à reeleição do PT na Bahia, Jaques Wagner anunciou em seu Twitter a realização de um evento reunindo blogueiros e tuiteiros da Bahia. Uma das estrelas do evento é o Dilmaboy, hit na internet por vídeo em apoio a Dilma em que faz uma paródia da música Telephone, da cantora Lady Gaga.

Terça-feira (27/07)

2707-480

Roberto Jefferson canta o clássico “Smile”

Antes do lançamento de seu CD “On the Road”, o presidente do PTB dá uma canja para a repórter Julia Duailibi. Antes de reunião com PSDB, cantou trecho da canção composta por Charlie Chaplin.

‘Quero os votos de todos os malufistas’, afirma Russomanno

Bruno Siffredi

O candidato do PP ao governo de São Paulo, deputado federal Celso Russomanno, que participa nesta terça-feira da sabatina do jornal Folha de S.Paulo, afirmou que seu partido “jamais foi contra o projeto de lei Ficha Limpa”. O presidente da legenda, deputado federal Paulo Maluf, corre risco de ter a própria candidatura impugnada devido a uma condenação em segunda instância. Russomanno afirmou ter defendido a ampliação da pena prevista no projeto porque “queria que o tempo fosse maior” do que oito anos.

TSE multa Serra pela 4ª vez por propaganda eleitoral antecipada

Gustavo Uribe

O ministro Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), acatou na tarde de hoje (27) representação impetrada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e multou mais uma vez o candidato do PSDB à sucessão presidencial, José Serra. Desta vez, a punição aplicada ao tucano foi de R$ 10 mil em decorrência de inserções veiculadas pelo PSDB no Rio Grande do Sul. Como a decisão foi monocrática (de um único ministro), cabe recurso ao colegiado do tribunal.

Quarta-feira (28/07)

2807-480

“Michel Temer é um guarda-roupa que ninguém quer nem faz questão”

O presidente nacional do PSDB e coordenador de campanha de José Serra, Sérgio Guerra, diz que, ao contrário do vice de Dilma Rousseff, Índio da Costa causa interesse nos eleitores

‘Temos 14 milhões de empregos criados para vencer o medo’, afirma Dilma

Rodrigo Alvares, enviado especial a Natal (RN)

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, disse nesta quarta-feira, 28, durante evento da Sociedade Brasileira para Progresso da Ciência (SBPC), que o País “tem 14 milhões de empregos criados para vencer o medo outra vez”. “Somos capazes não só de vencer o medo, mas também de construir a esperança”. Dilma ressaltou seu papel na gestão do governo Lula. “Eu também represento a volta da auto-estima do brasileiro nele mesmo. Hoje todos sabem do que somos capazes.”

Leia também:

No Rio Grande do Norte, Dilma afirma que “tática do medo de Serra é risível”

dilmanatal

Foto: Divulgação

Coordenador de Dilma lamenta ‘fim melancólico da carreira de Serra’; assista

José Orenstein

Marco Aurélio Garcia, coordenador do programa de governo da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, subiu o tom das críticas ao candidato do PSDB, José Serra. Em entrevista à TVPT, hospedada no site do PT, ele disse ficar “constrangido de ver uma pessoa que teve um passado de esquerda como o José Serra correr tanto em direção à direita. Daquela direita mais raivosa, mais atrasada”.

“Eu vou ser a mãe do povo brasileiro”, afirma Dilma Rousseff

Rodrigo Alvares, enviado especial a Natal (RN)

Depois de paralisar o centro de Natal (RN) na tarde desta quarta-feira, Dilma Rousseff voltou a discursar, para milhares de pessoas, que a oposição “mente” quando diz que não se contrapôs ao governo Lula. A presidenciável petista afirmou que “nós somos democratas, mas nós não convivemos com aqueles que nos atacaram por oito anos e agora vêm com pele de cordeiro”. Acrescentou: “Mas nós vemos as patinhas de lobo deles”. Ao final, Dilma pregou a continuidade do atual governo com a sua eventual eleição: “O presidente Lula me deixou um legado, que é cuidar do povo brasileiro. Eu vou ser a mãe do povo brasileiro”.

Quinta-feira (29/07)

ADSARNEY929

Presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) se despede do senador Heráclito Fortes (DEM-PI) saindo do plenário vazio apos sessão do Senado, em Brasília. Foto: André Dusek/AE

Senadores põem na campanha assessor pago pela Casa

Leandro Colon, da Sucursal de Brasília

Uma tropa de cabos eleitorais pagos pelo Senado está trabalhando na campanha dos senadores candidatos nos Estados. São assessores que, oficialmente, deveriam apenas cumprir expediente nos gabinetes, mas estão nas ruas pedindo voto, coordenando e ajudando na corrida eleitoral dos parlamentares.

Levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo identificou que, dos 53 senadores que disputam as eleições, 33 aumentaram o quadro de servidores de confiança entre julho de 2009 e julho de 2010 e transferiram a maioria para os Estados. Quem não aumentou adotou a segunda manobra e tirou seus funcionários de Brasília.

Serra rebate Garcia: ‘ele é de direita’

André Mascarenhas

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, voltou a se defender hoje das acusações de que teria abandonado o campo ideológico da esquerda. As declarações, feitas durante sabatina R7/Record News, um dia após o assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, comparar o tucano a um “troglodita de direita”. Para Serra, as acusações são feitas por “gente que é de direita, que não tem nada pra falar e que monta factóides”.

“Troglodita de direita é quem apoia o presidente do Irã, que manda apedrejar mulher adúltera”

– José Serra

Lula ataca ‘elite brasileira’ em discurso com Dilma

DILMA11

Foto: Celso Junior/AE

“A elite brasileira não sabia o que era capitalismo. Foi necessário um metalúrgico entrar na Presidência para ensinar como se faz capitalismo. Foi esse metalúrgico que chamou o presidente do FMI e disse: ”estamos cansados de gritar fora FMI'”

– Lula

Temer rebate críticas de Sérgio Guerra: ‘Não quero entrar nesse nível mais baixo da campanha’

O candidato a vice-presidente da República na chapa de Dilma Rousseff, Michel Temer (PMDB), respondeu nesta quinta-feira às acusações feitas pelo presidente do PSDB, Sérgio Guerra.

“Coitadinho do Sérgio. Ele não é de guerra. Foi obrigado a fazer essas declarações. Mas eu não quero entrar nesse nível mais baixo da campanha”

– Michel Temer

Tucanos reagem aos ataques de Marco Aurélio Garcia

José Orenstein

Lideranças do PSDB responderam em nota no site do partido na quinta-feira, 29, às duras críticas feitas pelo coordenador da campanha de Dilma, Marco Aurélio Gracia, ao candidato José Serra.

O senador Álvaro Dias, o deputado Jutahy Magalhães e o secretário de Educação do governo de SP, Paulo Renato de Souza, rechaçaram as afirmações de Marco Aurélio. Álvaro Dias disse que Marco Aurélio “é um aloprado de direita porque defende governos que apedrejam mulheres e condenam jornalistas à prisão”.

Jutahy Magalhães e Paulo Renato de Souza ainda criticaram as posições adotadas pela política externa do governo Lula e ressaltaram a biografia política de Serra.

Sexta-feira (30/07)

3007-480

Dilma lidera pesquisa Ibope com 39% contra 34 de Serra

Jair Stangler

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, lidera a pesquisa Ibope/Estado/TV Globo com 39% das intenções de voto. José Serra (PSDB) aparece com 34%. Marina Silva (PV) mantém 7%. José Maria Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB), Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), Rui Costa Pimenta (PCO)e Zé Maria (PSTU). Brancos e nulos são 7% e indecisos somam 12%.

Serra participa de jantar com Ronaldo, FHC, André Sanchez e jogadores do Corinthians

SerraRonaldo_Reproducao

Foto: Divulgação

Bruno Siffredi

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, postou em seu Twitter fotos de um jantar na casa do atacante Ronaldo, que ocorreu nesta quinta-feira, 29, em São Paulo. Em mensagem no microblog, Serra escreveu: “Jantar agradável na casa do Ronaldo e da Bia. Estavam os craques Paulo André, Edu, Roberto Carlos, Elias, William”.

No seu Twitter, o ex-governador do Paraná e candidato ao Senado Roberto Requião (PMDB) comentou a foto publicada pelo candidato do PSDB.

Marina exonera auxiliar do Senado que fazia campanha

Daiene Cardoso

A campanha da candidata a presidente Marina Silva (PV) divulgou, em nota, a exoneração da assessora parlamentar Jane Maria Villas Boas. A funcionária do Senado participou ontem de um ato com religiosos, em Bauru (SP), evento que fazia parte da agenda oficial da candidata.

selinho_twitter2

Mais conteúdo sobre:

BrasilEleiçõessemana política