As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

40 horas e o 1º de Maio

Armando Fávaro

29 de março de 2010 | 12h17

A Força Sindical e a Central Geral dos Trabalhadores do Brasil vão aproveitar a campanha eleitoral para insistir na redução da jornada de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais. Além do lobby que fazem no Congresso pela aprovação da proposta, as duas centrais escolheram o tema para batizar a festa de 1º de Maio neste ano. O lançamento oficial da festa será nesta terça, 30 de março. A comemoração, como ocorre todo ano, será no Campo de Bagatelle, das 7h às 18h. Para incentivar a participação dos trabalhadores, os sindicalistas vão sortear neste ano 18 carros zero e 1 apartamento.

Tendências: