As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Juiz que assume Monte Carlo é amigo de réu

Redação

19 Junho 2012 | 09h38

estadão.com.br

Depois que o juiz responsável pela Operação Monte Carlo pediu afastamento alegando ameaças, o escolhido para assumir o caso foi o titular da 11ª Vara Federal da seção de Goiás, o juiz Leão Aparecido Alves. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, Alves é amigo da família de um dos réus do caso: José Olímpio de Queiroga Neto.

Neto foi libertado na semana passada após decisão do TRF e estava preso acusado de comandar a exploração dos jogos ilegais nas intermediações do Distrito Federal. Segundo a Folha, o acusado foi padrinho de casamento do juiz, quando ele ainda advogava em Brasília.

O advogado de Neto acredita que o juiz não vá assumir o caso. Embora seja o titular da seção, Leão não atuou na Monte Carlo por ter sido convocado pelo TRF.O responsável pela investigação era o juiz substituto Paulo Augusto Moreira Lima, que deixou o caso após ter sido convocado para a 12ª Vara.