Roberto Freire (PPS-PS) acredita em piada sobre ‘Lula seja louvado’ nas cédulas de Real e gafe explode no Twitter
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Roberto Freire (PPS-PS) acredita em piada sobre ‘Lula seja louvado’ nas cédulas de Real e gafe explode no Twitter

Bruno Lupion

07 de maio de 2012 | 15h32

estadão.com.br

Uma piada publicada em um site de humor nesta segunda-feira, 7, de que a presidente Dilma teria ordenado a substituição da frase “Deus seja louvado” por “Lula seja louvado” nas cédulas de Real se tornou um dos termos mais comentados no Twitter. Motivo: O presidente nacional do PPS e deputado federal Roberto Freire acreditou que a notícia fosse verdadeira e protestou, no seu perfil, afirmando que a “decisão” de Dilma era uma “ignomínia”.

Imediatamente, leitores de todo o Brasil passaram a replicar o tweet de Freire, fazendo piada da gafe do presidente do PPS. Logo em seguida, o parlamentar reconheceu que tinha cometido um erro e pediu desculpas pelo equívoco. Mas já era tarde. Às 15h40, o termo “Roberto Freire” era o primeiro mais comentado por brasileiros no Twitter, seguido por “LulasejaLouvado“, em segundo.

Usuário ativo da rede social, em março Freire foi um dos primeiros parlamentares a se manifestar contra a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que proibiu qualquer tipo de propaganda eleitoral pelo Twitter até o dia 5 de julho. O presidente do PPS afirmou, à época, que a restrição era ”no mínimo, equivocada”.

Tudo o que sabemos sobre:

Roberto Freire

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.