Tribuna do Norte: Candidatos divergem sobre 2º turno em Natal

Lilian Venturini

18 de setembro de 2012 | 11h00

Por Tribuna do Norte

Os candidatos a prefeito de Natal fizeram leitura divergentes sobre a pesquisa Certus, divulgada na edição de domingo da TRIBUNA DO NORTE. A possibilidade de ter ou não segundo turno no pleito da capital potiguar é o principal tema da análise dos prefeitáveis. A nova rodada da pesquisa Certus/TRIBUNA DO NORTE mostrou o ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT) com 44,75%; enquanto Hermano Morais (PMDB) tem 16,88%. Fernando Mineiro (PT), com 7,75%, e Rogério Marinho (PSDB), com  7,38%, estão praticamente empatados. Os outros dois candidatos ficaram abaixo de um ponto percentual: Robério Paulino, do PSOL, com 0,88%; e Roberto Lopes, do PCB, com 0,38%. Ainda responderam “nenhum”, 10,13%; e “não sabe”, 11,50%. Esses índices são da sondagem estimulada.

A nova pesquisa Certus/TRIBUNA DO NORTE foi aplicada nos dias 12 e 13 de setembro e publicada na edição de domingo (16). Com margem de erro admitida de 3% para mais ou para menos. Está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) com o número de protocolo RN-00098/2012.

O ex-prefeito Carlos Eduardo disse que está “muito satisfeito” com o resultado. “Nessa pesquisa eu mantenho uma distância grande do segundo e terceiro lugar. A diferença chega a 12%”, disse, acrescentando que proporcionalmente, em votos, a distância entre ele e a soma dos demais candidatos é de 60 mil votos, considerando o número de eleitores de Natal.

“Estamos mantendo uma vitória no primeiro turno. Estamos lutando para que isso aconteça. Natal precisa que isso aconteça porque teremos tempo de planejar até a transição para retirar Natal dessa situação”, disse o candidato do PDT, acrescentando que focado na eleição do primeiro turno está intensificando a agenda.

O deputado estadual Hermano Morais disse que a pesquisa confirma o que os outros estudos já traziam, que é a tendência da eleição ir para o segundo turno. “Essa pesquisa mostra a tendência de crescimento da nossa candidatura e de outros candidatos e o declínio daquele que está ainda em primeiro lugar nas pesquisas”, analisou o candidato do PMDB.

Ele destacou que continuará o trabalho e acredita que até o final do primeiro turno chegará “já em posição de equilíbrio” com o candidato Carlos Eduardo. “A eleição será disputada em dois turnos e a tendência é de um final emocionante com a vitória nas urnas do PMDB”, completou o deputado, ressaltando que tem observando o crescimento nas caminhadas e manifestações que recebe dos eleitores nas ruas de Natal.

O deputado estadual Fernando Mineiro também avaliou que a tendência é de segundo turno. “Nós temos números que mostram uma tendência ainda maior de segundo turno nessa eleição”, destacou o prefeitável do Partido dos Trabalhadores.

Fernando Mineiro observou que, configurando-se segundo turno, a disputa está entre ele e o deputado estadual Hermano Morais para saber quem irá para o segundo turno na disputa com o candidato que aparece em primeiro nas pesquisas de intenção de voto.

A reportagem procurou ainda o deputado federal Rogério Marinho, candidato a prefeito pelo PSDB, mas não conseguiu localizá-lo.

Leia mais em Tribuna do Norte

Tudo o que sabemos sobre:

candidatoseleições 2012Natalprefeito

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.