O Globo: Paes confirma Dilma no horário eleitoral e minimiza pesquisa

Lilian Venturini

30 de agosto de 2012 | 13h27

Por O Globo

RIO – O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), candidato à reeleição, disse na manhã desta quinta-feira que a presidente Dilma Rousseff deverá gravar nos próximos dias um depoimento para seu programa eleitoral na TV, conforme antecipou hoje a coluna de Ancelmo Góis no GLOBO. Paes visitou hoje o Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) Lily Marinho, no Catumbi, inaugurada em junho do ano passado.

– Ela está gravando e nós devemos usar (a gravação) mais à frente. É público e notório o apoio da presidente Dilma Rousseff à minha campanha – disse Paes, que não deu detalhes sobre a nova participação de Dilma.

Paes afirmou que sua agenda de prefeito tem impedido que ele acompanhe de perto os programas eleitorais gratuitos. Sua assessoria não informou o motivo da visita ao EDI Lily Marinho, acompanhado pela secretária municipal de Educação, Cláudia Costin.

– Estou vendo a campanha eleitoral gratuita dois ou três dias depois de ela passar na TV. Estão me mandando DVD. Te confesso que não consigo nem ver o que está acontecendo. Eu gravo a minha parte, e o programa mesmo, só vejo depois. O de ontem, nem vi ainda.

O prefeito e candidato à reeleição minimizou o resultado da pesquisa Datafolha que o coloca com 53% da preferência do eleitorado carioca, um ponto percentual abaixo do registrado um mês atrás pelo mesmo instituto de pesquisas:

– Pesquisa que me dá 53 (por cento) a 13 (por cento), 40 pontos de diferença, não me emociona nem me deprime. Pesquisa eleitoral é um retrato do momento. Fico superfeliz toda vez que sai uma pesquisa boa, mas busco não me afetar por pesquisa, nem positiva nem negativamente – disse ele, que evitou comentar a alta de três pontos percentuais de Marcelo Freixo (PSOL), que passou de 10% para 13% das intenções de voto segundo o Datafolha.

Leia mais em O Globo

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.