Gazeta do Povo: Justiça libera imagem de Dilma na campanha de Ducci

Lilian Venturini

26 de setembro de 2012 | 11h04

Por Gazeta do Povo

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) liberou ontem o uso da imagem da presidente Dilma Rousseff (PT) no horário eleitoral do candidato Luciano Ducci (PSB). O candidato havia mostrado, no seu horário eleitoral, um trecho de um discurso da presidente, no qual ela elogiava o projeto do metrô de Curitiba. O julgamento terminou empatado e foi decidido pelo voto de minerva do presidente da corte, o desembargador Rogério Kanayama.

A Coligação Curitiba Quer Mais, que apoia o candidato Gustavo Fruet (PDT), entrou com ação liminar pedindo que a veiculação do discurso fosse suspensa, uma vez que a presidente é filiada ao PT, partido da coligação de Fruet. A liminar já havia sido negada em primeira instância. Através de sua assessoria de imprensa, a coligação de Fruet disse que não deve apresentar recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), devido ao pouco tempo ainda restante de campanha – o último programa do horário eleitoral no primeiro turno será já na próxima semana.

A campanha de Ducci vinha mostrando o discurso em que Dilma liberava os recursos para o metrô da cidade. No vídeo, ela elogiava o projeto do metrô curitibano e dizia que, “juntos”, o governo federal, o governo estadual e a prefeitura fariam o metrô.

Greca no “reduto” do prefeito

O candidato do PMDB à prefeitura, Rafael Greca, assinou ontem uma catra de compromissos com Trabalhadores em Urbanização do Estado do Paraná (Sindiurbano), incluindo a revisão do cálculo da tarifa do transporte coletivo. Greca criticou o atual projeto do metrô, falou sobre a possibilidade de construção do metrô aéreo e discursou também sobre a valorização das empresas públicas. Depois, pediu votos no bairro Uberaba, inclusive na casa de uma eleitora de Luciano Ducci.

Leia mais em Gazeta do Povo

Tudo o que sabemos sobre:

campanhacandidatoscuritibaeleições

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.