Gazeta do Povo: Indicação do vice de Ratinho Júnior provoca briga no PSC

Lilian Venturini

03 de julho de 2012 | 10h41

Por Gazeta do Povo

Virou briga a indicação para o cargo de vice na chapa do deputado Ratinho Júnior (PSC), que disputa a eleição para prefeito de Curitiba. O assistente administrativo Milton Rodrigues, filiado do PSC, contesta a indicação do arquiteto Ricardo Mesquita à vaga – decisão anunciada durante a convenção do partido no último sábado.

Mesquita alega que tentou fazer a inscrição como candidato a vice no diretório municipal da legenda, mas o cadastro foi negado. Mesquita, então, teria protocolado um pedido junto ao diretório nacional do PSC.

Segundo Rodrigues, a legenda “fugiu ao diálogo” e não houve uma votação interna para homologar a indicação de Mesquita a vice.

O candidato Ratinho Jr. contesta Rodrigues e diz que as informações são infundadas. “Ele pode fazer qualquer contestação, mas houve uma aclamação pelo nome de Mesquita por todos os partidos que compõem a chapa majoritária.”

A direção municipal do PSC também contradiz as denúncias do filiado. “A decisão da convenção é soberana. Essa atitude parece algo de algum infiltrado de outra chapa na nossa legenda”, afirma Antônio Borges dos Reis, presidente do diretório municipal.

Impugnação

Rodrigues disse que até o fim da semana entrará com um pedido de impugnação da pré-candidatura de Mesquita na Justiça Eleitoral. “Estou aberto ao diá­logo com o diretório, mas desafio quem for para provar que houve uma votação ou aclamação sobre a candidatura de Mesquita.”

Por meio da assessoria de imprensa, Mesquita informou que “desconhece qualquer contestação [à sua candidatura]. Se houver algo nesse sentido, o departamento jurídico e o diretório municipal da campanha vão cuidar do assunto”.

Leia mais em Gazeta do Povo

Tudo o que sabemos sobre:

curitibaeleições 2012prefeituraPSC

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.