Estado de Minas: Marcio Lacerda faz oração e pedido de voto em igreja

Lilian Venturini

13 de agosto de 2012 | 09h58

Por Estado de Minas

O prefeito Marcio Lacerda, candidato à reeleição, foi aplaudido, de pé, por cerca de 4,5 mil fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), durante culto na tarde desse doming, no principal templo, na avenida Olegário Maciel, Bairro de Lourdes, Região Centro-Sul da capital, que estava com lotação completa. Em coro, a pedido do bispo e deputado estadual Gilberto Abramo (PRB), que conduzia a cerimônia, os participantes se comprometem a votar pela reeleição de Lacerda e ainda convencer vizinhos e parentes de que o candidato é a melhor opção para a cidade. Pela manhã, o prefeito participou de um cerimônia na Igreja Carismática Mundo Novo, em Venda Nova, Zona Norte, dessa vez, a convite do deputado federal Eros Biondini (PTB/MG).

Ao final de sua participação, que não durou mais que 10 minutos, Lacerda disse considerar natural o apoio. “Nós sempre mantivemos um diálogo muito próximo com todas as entidades religiosas. Portanto, o apoio é natural e não é novidade”, afirmou. O prefeito fez questão de ressaltar a importância da parceria com as diferentes igrejas para a administração da cidade. “Elas são instituições de paz, solidariedade e proteção. A agregação desses valores torna os cidadãos mais respeitáveis”, argumentou. No discurso aos fiéis da Iurd, Lacerda se comprometeu a privilegiar a educação, que “é a base de uma sociedade”, e trabalhar para a correta aplicação dos recursos também em áreas como saúde, lazer e esportes. “Isso significa a conquista da cidadania”, concluiu, para novamente arrancar aplausos.

Antes da entrada do prefeito, o bispo Abramo explicou aos fiéis a importância de reeleger Lacerda. “Nós precisamos de vocês! É momento de estarmos juntos, não por uma causa partidária, mas pela cidade”, avisou. Como numa prova oral, Abramo certificou-se de que os participantes sabiam o número do candidato e perguntou: “Qual o número?” Em coro, ouviu como resposta: “40”. Em seguida, o bispo pediu que todos memorizassem também o número de outros dois candidatos, o bispo Fernando (PSB), candidato a vereador em Belo Horizonte, e o deputado federal George Hilton (PRB), pastor da Iurd, que concorre à prefeitura de Contagem. “Caso vocês conheçam alguém em Contagem, peçam voto para George Hilton, que ele está precisando de nossa força”, afirmou.

De confiança Ao chamar Lacerda ao palco, onde um enorme telão estava instalado, o bispo apresentou a plateia: “Os nossos obreiros são pessoas de nossa confiança. Aqui existe uma unidade, que faz uma igreja forte e um povo diferenciado”. O prefeito retribuiu a gentileza: “Esse templo é patrimônio de Belo Horizonte, especialmente por sua gente, que pratica valores cristãos como fé, solidariedade, amor ao próximo, que devem ser aplicados no dia a dia da administração de Belo Horizonte. Nossa cidade é como uma grande casa, um grande templo!”.

Ao final do discurso, Lacerda ganhou uma oração improvisada por Abramo: Meu Deus, em Nosso Senhor Jesus Cristo, continue iluminando a vida do nosso prefeito para que ele continue fazendo o que nenhum outro fez. Ele pensa no coletivo, no ser humano, mas precisa de sua direção. Ilumine-o e o proteja nessa luta árdua”. “Deus abençoe vocês. Saúde e paz a todos”, foi o agradecimento do prefeito, que se despediu sob nova sessão de palmas.

Leia mais em Estado de Minas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.