Diário de Pernambuco: Múcio Magalhães critica atuação do grupo de João da Costa

Redação

21 de maio de 2012 | 11h52

Por Diário de Pernambuco

O vereador Múcio Magalhães (PT) aproveitou hoje a sessão de Câmara do Recife para criticar a atuação do grupo pró-João da Costa nas prévias petista realizadas ontem. De acordo com ele, os aliados do prefeito são os únicos responsáveis pela confusão da lista dos filiados aptos a votarem.

Na última sexta-feira, o grupo que apoia João da Costa conseguiu impenetrar uma liminar que permitia todos os 33 mil militantes a escolher o candidato que será referendado. A liminar foi derrubada pelos aliados de Maurício Rands, mas depois foi revogada pelo Judiciário do estado. “A Justiça cumpriu seu papel constitucional dado a ela. A responsabilidade cabe a um único grupo de uma única pessoa. Eles conseguiram aprovar a liminar com informações deturpadas. Isso melou o processo”, disse o vereador.

Múcio Magalhães questionou ainda a comemoração antecipada de João da Costa. Diante de denúncias de fraudes nas eleições internas do PT, o diretório do partido colocou o resultado subjudice. “Não há resultado conhecido e por isso não tem proclamação de vencedor devido aos fatos preocupantes e trágicos que levaram o partido a recomendar este procedimento”, afirmou o Múcio.

Para o vereador, a única versão verdadeira é a que o partido ainda vai julgar a legalidade da eleição. “Essa é a verdade única única e absoluta. Por mais que se trabalhe versões, não existe um candidato vencedor do PT”, disse o petista.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.