Diário de Pernambuco: Humberto Costa discute estratégias de campanha com Rui Falcão e João Paulo

Lilian Venturini

27 de julho de 2012 | 09h11

Por Diário de Pernambuco

O candidato do PT à Prefeitura do Recife, Humberto Costa, reuniu-se na tarde desta quinta-feira (26) com o presidente nacional do partido, Rui Falcão, para discutir as estratégias de campanha, a conjuntura política, como é costume no PT, e discutir como será a participação do ex-presidente Lula e da presidente Dilma no primeiro turno. O encontro realizou-se em São Paulo e contou com a presença do candidato a vice, o deputado federal João Paulo (PT).

Segundo Humberto Costa, Lula fará alguns exames no dia 6 de agosto e depois informará aos principais aliados de que forma se integrará a campanha do Recife. Dilma também não definiu o tipo de participação, mas já avisou, por meio de Rui Falcão, que o ajudará na disputa eleitoral. “O encontro durou duas horas, foi muito proveitoso”, declarou Humberto, por telefone, em entrevista ao Diario.

Humberto contou que, na próxima segunda-feira, alguns candidatos a prefeito do PT irão fazer as fotos de campanha com ex-presidente Lula, em São Paulo. Ele irá à capital paulista acompanhado do vice no domingo à tarde. “Nesse momento, ele vai priorizar as cidades onde o debate está mais nacionalizado”, afirmou, ressaltando que, mais do que qualquer outro lugar, Lula vestiu a camisa do partido nas cidades de São Paulo, Belo Horizonte e Recife.

“Dilma ainda não definiu a sua participação, mas fez uma consulta ao PT e, pela legislação, os deslocalamentos terão de ser pagos pelo partido, mas, pelo menos em tese, ela se mostrou disposta”, afirmou.

Viadutos 
Questionado, ainda, sobre como estava vendo a possibilidade de o governador Eduardo Campos recuar na proposta de construir os quatro viadutos na Agamenon Magalhães, enquanto o prefeito João da Costa defendia o projeto, ele afirmou: “defendo que, nessa discussão de mobilidade, se privilegie o transporte coletivo e os viadutos não serão a solução para o transporte coletivo. Não há nenhum estudo de impacto para as vias mais próximas, qualquer análise, então, é melhor que o próximo prefeito tome a decisão, porque isso pode prejudicar a vida da população”, declarou.

Leia mais em Diário de Pernambuco

Tudo o que sabemos sobre:

eleiçõesHumberto CostaPTrecife

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.