Diário de Pernambuco: Alexandre Padilha será primeiro ministro a gravar para o guia de Humberto

Lilian Venturini

15 de agosto de 2012 | 14h56

Por Diário de Pernambuco

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, será o primeiro da cúpula petista que vai gravar, esta semana, para o guia eleitoral do candidato do PT à Prefeitura do Recife, Humberto Costa. Ele vai falar sobre os projetos que Humberto Costa iniciou no governo de Lula, do qual também foi ministro, e reforçar os compromissos assumidos pelo candidato na área da saúde durante a campanha. Entre os principais, Humberto prometeu ampliar os gastos com o setor para 20% do orçamento municipal. Hoje, o valor chega a 15%.

Na próxima semana, quem estará no Recife é a ministra de Desenvolvimento Social, Teresa Campello. Ela vai participar de uma agenda com o candidato sobre o programa de governo, porém ninguém da equipe petista antecipou o conteúdo. A intenção de trazer os ministros, no entanto, é para reforçar a ligação do senador com o governo federal, linkando com a imagem do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff.

As gravações para o guia do petista, aliás, reforçam bastante a ligação de Humberto com o PT, que ficou desgastado durante as prévias partidárias, mas ainda é preferido dos recifenses, segundo pesquisas internas da sigla.

Fiepe

Além de fazer gravações para o guia eleitoral, no Recife Antigo, o candidato participou de reunião, hoje, na Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe). Ele chegou acompanhado do vice, João Paulo, e apresentou suas propostas para o setor empresarial. Criar incentivos para a melhoria dos negócios entre as empresas, fortalecer e qualificar a mão de obra para atender às demandas de mercado são aspectos que norteiam as propostas apresentadas pelo candidato como o Expresso Empresa, que facilitará o processo de abertura de empresas e funcionará nos moldes do Expresso Cidadão; e o Pró-Uni Recife, que buscará oferecer vagas no ensino superior e no ensino técnico para estudantes que não conseguirem se aplicar ao Pró-Uni do Governo Federal.

Durante o encontro, o presidente da Fiepe, Jorge Côrte Real, elogiou as propostas apresentadas por Humberto e reforçou a importância de uma atuação parceira da prefeitura com o setor empresarial. Para Humberto, Recife deve assumir sua vocação como um dos polos de tecnologia da região nordeste e estimular o crescimento de setores como o polo médico e o porto digital, duas forças na cidade. “O porto digital no Recife Antigo tem demandado uma infraestrutura maior que dê condições de sua expansão. A prefeitura tem que ser uma parceria constante nesse objetivo”, comenta o candidato.

Tudo o que sabemos sobre:

candidatosHumberto Costaprefeiturarecife

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.