Diário Catarinense: Programas na TV acirram disputa eleitoral em Florianópolis

Lilian Venturini

19 de setembro de 2012 | 12h06

Por Diário Catarinense

A campanha esquentou de vez na Capital. Faltando pouco mais de duas semanas para as eleições, o que se percebe é um acirramento entre as candidaturas de Cesar Souza Junior (PSD) e Angela Albino (PC do B). Enquanto Cesar parte para o ataque, com o argumento de que informação não é baixaria, Angela tenta se esquivar, criticando a postura do adversário.

Há cerca de dez dias, Cesar Souza Junior endureceu o discurso e passou a questionar aspectos da atuação política de Angela Albino. Em inserções da coligação, foram apontadas as faltas da deputada estadual, questionou-se a autoria do projeto do Parque da Luz e a participação da candidata em um evento partidário durante a sessão da Assembleia em que foi votado projeto de aumento dos servidores da Udesc.

O principal argumento da candidatura, é estas são informações importantes para que os eleitores conheçam os candidatos e possam fazer sua escolha.

Segundo a coordenação da campanha, a estratégia de Cesar é continuar mostrando para o eleitor as realizações e propostas do candidatos e, paralelamente, levantar alguns “questionamentos pontuais do desempenho das atividades públicas da adversária”.

Nos bastidores, a avaliação é que Cesar estaria mirando em Angela por considerá-la sua principal oponente. Os dois candidatos aparecem tecnicamente empatados nas pesquisas, mas a candidata do PC do B teria um dos menores índices de rejeição.

Em um primeiro momento, Angela não respondeu aos questionamentos da coligação de Cesar, mas acabou gravando uma série de vídeos, tanto para o horário eleitoral, quanto para seu site, apresentando sua versão para os pontos levantados pelo adversário. A candidata diz que vai manter sua estratégia, de apostar em uma campanha propositiva.

_ Eu só lamento que um rapaz tão jovem use um método tão antigo de fazer campanha. Vou seguir com minha campanha, discutindo propostas, sem partir para ataques e distorções _ afirma Angela.

Além das farpas trocadas no horário eleitoral, a batalha se acirra também na Justiça. Em uma das últimas decisões, o juiz eleitoral Luiz Felipe Schuch, concedeu direito de resposta a Cesar Souza Junior por uma afirmação veiculada na propaganda de Angela Albino.

Em uma inserção, o locutor dizia: “não demorou. Foi só a Angela assumir a liderança da disputa à Prefeitura que Cesar Junior e seu vice João Amin tentam a todo custo e desesperadamente atingir a imagem da candidata e manipular a opinião pública. Mas baixarias com ele não é novidade: esse jeito antigo e truculento de fazer política já é velho conhecido da população de Florianópolis”.

O juiz considerou que houve ofensa e determinou que o direito de resposta seja veiculado no site e na conta do Facebook da candidata.

Leia mais em Diário Catarinense

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.