Diário Catarinense: PMDB já tem opção para vice à prefeitura de Florianópolis

Redação

07 de junho de 2012 | 18h33

Por Diário Catarinense

A decisão do professor Rodolfo Pinto da Luz em deixar a Secretaria da Educação e a presidência da Fundação Franklin Cascaes, em Florianópolis, para pôr o nome à disposição do PMDB, praticamente o coloca como vice na chapa de Gean Loureiro à prefeitura.

O professor sempre foi lembrado para ser pré-candidato, não só pelo desempenho na gestão pública como pela sua participação e influência positiva na vida acadêmica e social das últimas três décadas na Capital. Se confirmado pela convenção marcada para o próximo dia 17, Rodolfo, advogado e ex-reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, encerra a lista de vices das maiores candidaturas.

O deputado Cesar Souza Junior (PSD) já tem a companhia do vereador João Amin (PP). A deputada Angela Albino (PC do B) forma uma chapa ideológica e de recuperação da marca da Frente Popular com o ex-vereador Nildomar Freire, o Nildão, do PT, seu colega de trabalho no Tribunal Regional do Trabalho.

Os peemedebistas saírem com chapa pura não impede a construção de uma aliança robusta, onde já estão definidos, entre outros, PDT e PTB. Gean aguarda a sinalização do PPS, que está bem próxima. Na lista de incógnitas ainda estão PSDB, DEM e PV. O mais provável é que os tucanos rumem com PSD ou até PMDB, mas já marcaram o dia 12 como data-limite para definirem se terão uma candidatura própria. A pré-convenção será dia 20.

Continue lendo no Diário Catarinense.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.