Correio do Estado: Aécio afasta PMDB do PSDB, diz Jerson

Redação

19 de abril de 2012 | 17h43

Por Correio do Estado

Para o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Jerson Domingos (PMDB), a visita do senador e presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG) em Campo Grande decreta o rompimento da aliança dos dois partidos no Estado. A união dos partidos existe há décadas, mas ficou estremecida depois do lançamento da pré-candidatura do deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) para disputar a prefeitura da Capital e, sobretudo, da aproximação do senador Delcídio do Amaral (PT) em 19 municípios para enfrentar os candidatos peemedebistas.

“Não vou visitar o Aécio porque meu palanque em 2014, com a vinda dele aqui em Campo Grande, no lançando a candidatura do Reinaldo, me coloca no palanque da Dilma (presidente Dilma Rousseff). Coloca o nosso palanque à disposição da Dilma”, afirmou.

Além do senador, também virá o presidente nacional tucano, deputado federal Sérgio Guerra (PE) e do líder do partido na Câmara dos Deputados, deputado Bruno Araújo (PE). A visita será realizada nesta quinta-feira.

 

Tudo o que sabemos sobre:

eleições 2012Mato Grosso do Sul

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: