Maratona hacker com dados do governo do RS

fernandogallo

25 de julho de 2012 | 07h55

Desta quarta-feira até o sábado acontece a 13ª edição do Fórum Internacional do Software Livre (FISL) em Porto Alegre (RS).

Durante o evento, o W3C, consórcio que congrega empresas, órgãos governamentais e organizações independentes fundado por Tim Berners-Lee, conhecido como “pai da internet”, vai promover o “Decoders RS”, uma maratona que busca garantir a mobilização de pessoas comprometidas com o desenvolvimento de aplicações que favoreçam a publicação e análise de dados abertos.

Os dados que serão utilizados nesse projeto estão disponíveis em www.acessoainformacao.rs.gov.br. Os projetos inscritos na maratona serão publicados em um repositório de aplicativos do W3C.

Também durante o FISL 13, o W3C vai renovar o protocolo de intenções com representantes do Governo do Estado do Rio Grande do Sul pela publicação de Dados Abertos. O acordo foi firmado no ano passado, na edição anterior do evento.

(Fernando Gallo)

 

Pelo quinto ano consecutivo, NIC.br e CGI.br participam do FISL

Entidades promovem cursos, palestras e concurso

Entre os dias 25 e 28 de julho de 2012, o Núcleo de Informação e Comunicação do Ponto Br (NIC.br), entidade civil que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet (CGI.br), participará da 13ª edição do Fórum Internacional Software Livre – FISL 13.

Reconhecido como o mais importante encontro de comunidades de software livre da América Latina, o FISL reúne em Porto Alegre (RS), estudantes, desenvolvedores, especialistas e pesquisadores de diversas partes do mundo.

Esta é a quinta participação do NIC.br e do CGI.br no FISL, buscando contribuir em eventos como este para compartilhamento de conhecimento e interação.

Confira as atividades que serão promovidas pelo NIC.br durante o FISL 13:

Quarta-feira, 25 de julho

10h – Web Crawlers Open Source: uma comparação

11h – Tendências Web: estatísticas da rede

16h – Ensinando redes com emuladores

Quinta-feira, 26 de julho

10h – Tutorial prático IPv6: introdução e funcionalidades básicas

12h – Html5, WAI/ARIA e Acessibilidade

14h – Zappiens.br – uma plataforma de código livre para portais de vídeo

15h – Diferenças entre medições internet utilizando banda larga fixa e 3G – um panorama brasileiro

17h – Infraestrutura e apropriação de TIC no Brasil

18h – IPv6: isso é pra valer?

Sexta-feira, 27 de julho

10h – Segurança em IPv6: IPsec, firewall e ataques de DoS

11h – Marco Civil da Internet: debate do projeto de lei

14h – IPv6 para administradores de sistemas

Sábado, 28 de julho

12h – IPv6: faça um software que funcione

12h – Internet: como ela funciona e se organiza?

15h – Não confie no relógio de seu desktop ou celular.

 

O NIC.br também terá um estande no evento, onde os participantes poderão conhecer melhor as atividades da entidade.

Mais sobre o NIC.br no FISL 13

SIMET para Android: A participação do NIC.br será marcada ainda pelo lançamento do Sistema de Medição de Tráfego de Última Milha (SIMET) para smartphones com Android.

Desenvolvido pelo Ceptro.br (Centro de Estudos e Pesquisas em Tecnologias de Redes e Operações) o sistema permite avaliar a qualidade da Internet tanto para PCs como nas conexões em plataformas móveis.

Criado em 2006 e em constante evolução, até 2011 o SIMET estava disponível apenas para PCs e notebooks. Desde maio deste ano, usuários de iPhone já têm acesso ao aplicativo, que agora foi adaptado também para Android.

Desafio NTP: Manter os dispositivos na Internet com a hora certa é fundamental, já que muitas aplicações dependem disso para funcionar bem. Incidentes de segurança e até crimes cibernéticos só podem ser investigados se os logs dos dispositivos envolvidos estiverem em sincronismo com a hora oficial.

Dessa forma e por um acordo entre o ON (Observatório Nacional), que é responsável pela Hora Legal Brasileira, e o NIC.br, a hora certa no Brasil é distribuída gratuitamente via Internet por meio do NTP.br.

O NIC.br promove o “Desafio NTP” durante o FISL 13. A ideia é que, com o NTP.br habilitado, o usuário publique uma mensagem no Twitter utilizando as hashtags #ntpbr e #fisl13 falando da importância do NTP e disseminando o endereço http://ntp.br.

O 1º colocado será premiado com um tablet Android Motorola Xoom e do 2º ao 11º, o brinde será um relógio de pulso do NTP.br.

As inscrições vão até o próximo dia 26 e o resultado do concurso será divulgado no dia 27 durante as atividades do FISL 13.

Decoders RS: O Decoders é uma ação do W3C Brasil em formato de maratona que busca garantir a mobilização de pessoas comprometidas com o desenvolvimento de aplicações que favoreçam a publicação e análise de dados abertos.

A maratona será lançada no FISL, e os dados que serão utilizados nesse projeto estão disponíveis em http://www.acessoainformacao.rs.gov.br/. Os projetos inscritos na maratona serão publicados em um repositório de aplicativos do W3C.

Também durante o FISL 13, o W3C renovará o protocolo de intenções com representantes do Governo do Estado do Rio Grande do Sul pela publicação de Dados Abertos. O acordo foi firmado no ano passado, na edição anterior do evento.

O protocolo será firmado entre o CGI.br/W3C.br, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul e a PROCERGS.

Comitê Gaúcho de Dados Abertos: a primeira reunião do grupo acontecerá no dia 25/07, às 14h30, no prédio 40, sala 610. O comitê gaúcho será a primeira iniciativa do W3C Brasil em nível estadual, em parceria com o governo gaúcho, que estabelecerá a cooperação com organizações da sociedade civil  para promoção dos dados abertos governamentais no Brasil.

Saiba mais sobre as atividades do NIC.br no FISL: http://ipv6.br/fisl13/

Agenda:

13º Fórum Internacional Software Livre – FISL 13

25 a 28 de julho de 2012

Centro de Eventos da PUCRS

Av. Ipiranga, 6681

Porto Alegre – RS

Saiba mais sobre o evento: http://softwarelivre.org/fisl13/

Sobre o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR – NIC.br

O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — NIC.br (http://www.nic.br/) é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil. São atividades permanentes do NIC.br coordenar o registro de nomes de domínio — Registro.br (http://www.registro.br/), estudar, responder e tratar incidentes de segurança no Brasil – CERT.br (http://www.cert.br/), estudar e pesquisar tecnologias de redes e operações — CEPTRO.br (http://www.ceptro.br/), produzir indicadores sobre as tecnologias da informação e da comunicação — CETIC.br (http://www.cetic.br/) e abrigar o escritório do W3C no Brasil (http://www.w3c.br/).

Sobre o Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br

O Comitê Gestor da Internet no Brasil coordena e integra todas as iniciativas de serviços Internet no país, promovendo a qualidade técnica, a inovação e a disseminação dos serviços ofertados. Com base nos princípios de multilateralidade, transparência e democracia, o CGI.br representa um modelo de governança multissetorial da Internet com efetiva participação de todos os setores da sociedade nas suas decisões. Uma de suas formulações são os 10 Princípios para a Governança e Uso da Internet (http://www.cgi.br/principios).

Tudo o que sabemos sobre:

FISLhackermaratonario grande do sulw3c

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.