Chile sedia curso de dados abertos para entidades públicas

fernandogallo

08 de janeiro de 2013 | 16h43

Santiago, no Chile, sedia a partir desta quarta-feira o 1º curso para entidades públicas sobre dados abertos.

Abaixo informações do W3C Brasil.

(Fernando Gallo)

W3C Brasil promove curso sobre Dados Abertos em Santiago, Chile

O W3C Brasil, em parceira com a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) e o Centro Internacional de Pesquisa e Desenvolvimento do Canadá (IDRC), pelo projeto Open Data for Development (OD4D), promove o Primeiro Curso para Entidades Públicas na América Latina e Caribe sobre Dados Abertos em Santiago, no Chile, de 09 a 11 de janeiro de 2013.

O curso, focado na capacitação de gestores públicos que poderão multiplicar esse conhecimento em seus países, promoverá um debate sobre o tema e seu potencial para as políticas públicas e o desenvolvimento de uma economia do conhecimento na região.

Realizado em paralelo ao Encontro Regional da Parceria para Governo Aberto (realizado nos dias 10 e 11), o encontro possibilitará a proximidade entre importantes organizações e interessados sobre dados abertos, transparência e governo aberto. Os participantes terão a oportunidade de aprender sobre o desenvolvimento de políticas públicas para implementar dados abertos em seus países, com base no compartilhamento de iniciativas.

“A produção e publicação de dados abertos em formato que permita sua reutilização favorecem a transparência e a luta contra a corrupção e promovem uma relação mais participativa e colaborativa entre cidadãos e governo”, afirma Vagner Diniz, gerente do W3C Brasil.

A programação completa do “Primeiro Curso para Entidades Públicas na América Latina e Caribe sobre Dados Abertos” está em http://migre.me/cHLE9.

OD4D – Projeto Dados Abertos para o Desenvolvimento da América Latina e Caribe

A disseminação da informação governamental em formatos abertos, acessíveis e estruturados tem o potencial de aumentar substancialmente a transparência e a prestação de contas no que tange à elaboração e execução de políticas públicas, além de abrir portas para a ampla participação da sociedade nesse processo. Deste modo, a abertura de dados e o maior reconhecimento das demandas da população que advém desta abertura têm papel importante para promover a igualdade social e a eficácia da administração pública.

Foi pensando nisto que o W3C Brasil e a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) e o Centro Internacional de Pesquisa e Desenvolvimento do Canadá (IDRC), no âmbito do Observatório para a Sociedade da Informação na América Latina e Caribe (OSILAC), criaram o projeto Dados Abertos para o Desenvolvimento.

Um dos produtos da parceria, o portal OD4D (http://www.od4d.org/pt/), busca ampliar o conhecimento sobre Dados Abertos e seu potencial de melhorar a qualidade das políticas públicas na região e reúne artigos, documentos, vídeos e informações sobre o tema. O veículo também prevê a participação da sociedade na produção de conteúdo.

Serviço:
Primeiro Curso para Entidades Públicas na América Latina e Caribe sobre Dados Abertos
Quando: 09 a 11 de Janeiro
Onde: Sede CEPAL Dag Hammarskjold
Vitacura – Santiago – Metropolitan Region
Chile

Tudo o que sabemos sobre:

cepalchiledados abertossantiagow3c brasil

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: