Alckmin fornece em formato fechado audiências no Palácio

fernandogallo

09 de julho de 2012 | 07h44

Ao contrário da prefeitura de São Paulo, que se recusou a fornecer a lista de audiências que o prefeito Gilberto Kassab (PSD) manteve em seu gabinete em 2011 – pedido feito com base na Lei de Acesso à Informação (Leinfo) -, o governo do Estado de São Paulo entregou ao blog a relação de pessoas recebidas pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) no Palácio dos Bandeirantes no ano passado e no começo deste ano.

Como um gesto de boa vontade, porque a lei está em seu início, o Públicos agradece a resposta, muito embora saiba que o governo nada mais faz que atender ao que manda a Leinfo.

Audiências Alckmin – Parte 1

Audiências Alckmin – Parte 2

Audiências Alckmin – Parte 3

Audiências Alckmin – Parte 4

Carece ponderar algumas coisas:

1 – Às 18h do dia 31/03/2012 o governador recebeu Renato Paiva. Quem é Renato Paiva? Em 07/01/2011 ele teve uma audiência com David Neto. Quem é David Neto? (há vários outros casos em que não é possível saber quem é a pessoa recebida pelo governador);

2 – Importantíssimo: o que foi tratado nas reuniões? O governo faz atas? Se não, não poderia ter fornecido ao menos os tópicos?;

3 – A lista foi fornecida em papel. São 78 páginas. Não apenas é antiecológico, como também é um formato fechado e offline, o que impede o manuseio dos dados. O governo deveria ter fornecido a lista em formato aberto de planilha, como manda a Leinfo;

4 – Ainda neste sentido, o blog agradece que o Palácio tenha fornecido não somente as audiências de Alckmin no Palácio, mas todos seus compromissos, inclusive os externos. Mas o pedido específico foi sobre as audiências. E se a lista foi entregue em papel, não temos como separar apenas aquilo que eu queríamos, a das pessoas que Alckmin recebeu em seu gabinete;

5 – Essa lista, que é de interesse público, deveria também ser publicada na internet, e atualizada permanentemente, para que não apenas o blog tenha acesso, mas sim para que todo e qualquer cidadão possa acompanhar quem é recebido no Palácio dos Bandeirantes (lembro que a Casa Branca já faz isso, e disponibiliza não apenas as audiências de Barack Obama, e sim de todo e qualquer funcionário do governo).

(Fernando Gallo)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.