Ainda a publicidade dos salários dos servidores públicos

fernandogallo

09 de maio de 2012 | 12h23

E ainda sobre a questão da publicidade dos salários dos servidores, o Públicos recebeu do Marcelo Marchesini, leitor do blog, a indicação do site FindTheData, que divulga informações públicas nos Estados Unidos.

Nossa navegação complementar nos levou a outra página, SeeThroughNY, site privado que publica, com base na lei de acesso à informação do Estado de Nova Iorque, os salários dos funcionários estaduais, municipais, autoridades regionais, servidores de escolas públicas e etc.

Em suas “perguntas mais frequentes”, o SeeThroughNY adverte os servidores novaiorquinos:

P – Como remover o seu nome deste site ou de registros públicos?

R –  Se você é um funcionário público, o seu registro de emprego é uma questão de informação pública, conforme descrito na Lei de Liberdade de Informação do Estado de Nova York (FOIL, na sigla em inglês). Por essa razão, os nomes dos empregados públicos não serão removidos do local.

Uma curiosidade que o Marchesini encontrou: entre os três maiores salários pagos em 2010 está o de Kevin Broadus, que foi técnico de basquete da Suny, universidade estadual de Nova Iorque que, mesmo sendo demitido naquele ano, levou mais de R$ 1,2 milhão dos cofres novaiorquinos.

Claro que o basquete universitário é muito importante nos Estados Unidos, celeiro que é dos atletas da NBA.

Agora, é bom para o contribuinte novaiorquino pagar um salário milionário de um técnico de basquete universitário?

Ou ele preferiria ver o dinheiro investido em outro lugar?

Não é a publicidade dos salários que permite esse tipo de discussão?

(Fernando Gallo)

P.S. 09/05 – 21h20

O Fabiano Angélico, jornalista especialista em transparência, defendeu em um texto, publicado em 2009 no Notas Soltas, blog de sua autoria que o Públicos recomenda, a publicação dos salários. Vale muito a pena a leitura.

Tudo o que sabemos sobre:

nova iorquesaláriosservidores

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.