Saiba como participar à distância da reunião da Parceria para o Governo Aberto

Daniel Bramatti

11 Abril 2012 | 05h15

 

 

Na semana que vem, dias 17 e 18, Brasília vai sediar a reunião da Parceria para o Governo Aberto (ou OGP, de Open Government Partnership), uma iniciativa que reúne 50 países comprometidos (ao menos formalmente) com práticas como a transparência orçamentária, o acesso público a informações e a participação social. A presidente Dilma Rousseff abrirá o evento, que deve contar ainda com a presença da secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, e de delegações de 53 países, representando órgãos públicos, ONGs e empresas. Informações sobre a entidade podem ser encontradas nesta página da Controladoria Geral da União  e no próprio site da OGP.

A jornalista Bárbara Lopes, que trabalha com o colega Fabiano Angélico na reformulação do site Brasil Aberto, compilou e traduziu algumas dicas do site da OGP para quem não puder viajar para o planalto central e quiser acompanhar o evento à distância.  Anotem aí e aproveitem. (Daniel Bramatti)

Conteúdo online – Na página do encontro podem ser encontrados documentos como a agenda e orientações. A cada dia da reunião serão publicadas fotos e posts resumindo as atividades e os desdobramentos.

Transmissão online – As atividades da reunião, incluindo os discursos dos líderes, plenárias e painéis, serão transmitidas pela internet. Nos intervalos, o webcast exibirá entrevistas ao vivo com líderes e representantes presentes. Quem estiver assistindo poderá mandar perguntas.

Chat – Junto com o webcast, haverá um chat integrado com Twitter e Facebook, no qual as pessoas poderão opinar sobre o encontro. As hashtags serão #OGPBrasilia2012 e #OGP2012. Já é possível se registrar neste endereço.

Guardian Digital Hub – O jornal The Guardian é o parceiro de mídia digital da OGP e criou um site que já tem artigos dos presidentes da OGP, Jorge Hage e Maria Otero, entrevista e conteúdo interativo. Durante a conferência, a cobertura será feita com um blog, com vídeos exclusivos e análises.

Encontros paralelos – A OGP incentiva grupos a se encontrar em outros locais para articular ações e participar do encontro de Brasília. Já foram marcados encontros em Washington (EUA), Cidade do Cabo (África do Sul), Londres (Reino Unido) e Nairobi (Quênia). Informações aqui.

Hack Day – O pessoal da Transparência Hacker estará lá, trabalhando com dados dos países membros da OGP. Também haverá cobertura ao vivo (webcasting, Twitter) da atividade paralela ao longo da conferência.

Aldeia da Inovação – Outra atividade paralela, na qual serão apresentadas ferramentas inovadoras para transparência e inovação. A cobertura será feita por Felipe Heusser (Ciudadano Inteligente) e Alex Howard (O’Reilly Media), com entrevistas ao vivo com os participantes.