Revista The Economist desanca Lula

Estadão

28 de setembro de 2006 | 20h22

A revista The Economist que chegou às bancas dos EUA e Europa hoje afirma que Lula deve ganhar as eleições, mas, “infelizmente, ele perdeu um pouco de seu brilho”, após vários escândalos de corrupção e um crescimento econômico decepcionante.

Segundo a revista, há quatro anos, quando Lula foi eleito, ele parecia destinado a ser o porta-voz de uma nova Amperica Latina, mais confiante e com mais justiça social. Agora, o líder da AL é o presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

Segundo a Economist, Lula está apoiando a candidatura de Chávez a um assento no conselho de segurança da ONU e, em troca, “Chávez ajuda a humilhar o Brasil na Bolívia, onde os bens da Petrobrás podem ser estatizados”. A revista diz que a política externa do governo Lula na América do Sul é “ingênua”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.