Na contra-mão

Estadão

04 de setembro de 2006 | 12h49

O banco Morgan Stanley revisou para cima sua estimativa de crescimento do PIB da Índia, de 6,8% para 7,6% no ano fiscal que termina em março de 2007.
O banco resolveu elevar suas projeções por causa do faturamento das empresas indianas, que ficou bem acima do esperado, e da alta da produção industrial. Só o setor agrícola teve a projeção de crescimento reduzida, por causa de irregularidade nas monções – é o único ponto comum com o Brasil, cujo setor agrícola também sofreu bastante neste ano.

Só um adendo: descobri uma cidade onde o trânsito é pior do que em São Paulo – Bangalore. Levei uma hora para andar 20 quilômetros, às três da tarde. Dores do crescimento.
Fora isso, a cidade é linda super arborizada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.