Lingerie de diabinha: esposas, namoradas e amantes se prepararam para receber os mineiros

Estadão

13 de outubro de 2010 | 15h39

As esposas, namoradas e amantes dos mineiros estavam se preparando para recebê-los ontem, depois de 69 dias longe deles. Cristina Nuñes, 26 anos, noiva do mineiro Cláudio Yanez, fez chapinha nos cabelos escuros, com mechas loiras. Ela foi ao cabeleireiro na segunda-feira fazer as unhas e comprou uma lingerie especial para recebê-lo: vermelha, com capa e chifres de diabinha, ela contou. “Quero recebê-lo bem, ja estou pensando em como preparar nosso casamento”, disse Cristina ao Estado. Enquanto estava preso na mina, Cláudio pediu Cristina em casamento. Eles namoram há 11 anos e têm dois filhos, mas só depois de ficar preso na mina é que Claudio a pediu em casamento. Yanez foi o oitavo a ser resgatado. Ele estava no segundo grupo, dos mais frágeis, porque tem diabetes.
Marta Mesias Pacheco, tia de Cristina, também foi ao cabeleireiro e fez as unhas.”É um grande dia, estou aqui no Acampamento Esperança há dois meses, vamos fazer uma festa para recebê-lo e os dois finalmente vão casar”, contou ao Estado. A família deve fazer uma festa no sábado, depois de Claudio ser liberado do hospital, onde deve permanecer 48 horas sob observação, como todos os outros mineiros.
Lilianett Ramírez fez escova nos cabelos tingidos de loiro e se maquiou para receber seu marido, Mário Gómez. Gomez é o mais velho entre os 33 mineiros, com 63 anos, e tem problemas de saúde. Como o mineiro Yonni Barrios Rojas, Gómez estava numa saia justa – tanto sua mulher como sua amante estavam no acampamento Esperanza. A família de Gómez vai fechar a rua na “población” onde vive,perto de Manuel Rodríguez, para fazer uma festa. Lilianett também foi pedida em casamento – apesar de estar com Mário há 30 anos, nçao haviam formalizado a união. Agora, vão casar na igreja.
A amante e a esposa de Barrios se encontraram no Campo Esperança, e o resultado não foi dos melhores. Agora, não se sabe qual será o fim da história. “Barrios é meu esposo. Ele me ama e eu sou sua esposa. Essa mulher não tem legitimidade”, disse Marta Salinas, de 56 anos, a uma rádio local. O governo chileno teria perguntado quem Barrios gostaria que fosse sua representante na mina e ele teria dito que preferia a amante. Não se sabe se as duas vão estar juntas na plataforma onde se concentrarão os familiares para acompanhar o resgate e receber os mineiros.

Tudo o que sabemos sobre:

amanteschilelingeriemineiros

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.