Como boicotar Mel Gibson: será que pega mal alugar Mad Max?

Estadão

22 de agosto de 2006 | 20h26

Está certo que brasileiro não é muito chegado em pichar casaco de pele, recusar sacola de plástico ou sair protestando contra os maus-tratos às cobaias. Mas para quem quer se engajar, pode ser uma boa começar com um boicote ao Mel Gibson, que ficou manguaçado e ofendeu os judeus. Ele se desculpou depois, disse que estava embriagado e não sabia o que fazia. Mas não colou muito, afinal, in vino veritas
A revista eletrônica Slate dá algumas dicas para o boicote: