Brócolis na veia

Estadão

27 Março 2007 | 22h55

É difícil cultivar vícios hoje em dia. Com a quantidade de informação que está disponível, é difícil não se sentir cretino fumando, por exemplo.

Agora, existem alguns refúgios para os compulsivos em busca de algum vício, possivelmente menos horrível. Chiclé é quase socialmente aceitável (principalmente se você tiver até 25 anos). E Coca Light.

Coca Light é um bom mau hábito, apesar dos e-mails apavorantes que circulam por aí, sobre o potencial cancerígeno dos adoçantes.

Mas o fato é que a Coca Light era meu último vício (ok, além do chiclé) quando recebi a notícia estarrecedora. Querem acabar com o meu derradeiro prazer criminoso. Vão deturpar o último bastião das dependências prosaicas.

Vão lançar – ó ultraje – uma Coca Light saudável, enriquecida com vitaminas e minerais.
Assim não dá. Diet Coke Plus, o oxímoro, um refrigeranteb saudável. Como eu posso ficar viciada em uma coisa saudável?

Meu destino será ficar dependente de brócolis. Será que brócolis ajudam a ficar acordada e se concentrar para escrever?