Vovô de ventríloquo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vovô de ventríloquo

Relatório de Zveitel na CCJ da Câmara aceitando acusação de Janot é primeira derrota de Temer

José Nêumanne

11 Julho 2017 | 16h32

Mariz, defensor de Temer, é a cara de boneco de vovô de ventríloquo Foto:Evaristo Sá/AFP

A bola da vez do Podcast Comentaristas do Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – da terça-feira 11 de julho de 2017 foi o relatório de Sérgio Zveiter sobre a acusação de Janot contra Temer na CCJ da Câmara. Abri meu Direto ao Assunto avisando que, seja qual fosse a votação na comissão, o relatório já será a primeira derrota do presidente. Eliane Cantanhede concorda que foi uma derrota e completa que o chefe do governo já mira o plenário da comissão e da própria Casa para escapar incólume do libelo do PGR. Alexandre Garcia começou lembrando que o latim do delator é fraquinho pois incluiu no conceito in dubio pro societate uma palavra italiana, societá. Meu Direto ao Assunto também versou sobre a defesa de Mariz, que o grande repórter Luiz Maklouf de Carvalho comparou no Estadão com boneco de vovô de ventríloquo, como Emanuel Bonfim lembrou, o vaivém do PSDB que engorda enquanto hesita, a autorização dada por Cármen Lúcia para a votação da reforma trabalhista e o juiz Sérgio Moro chamando o ex-tesoureiro do PT de ladrão. Eliane também falou da expectativa ante a votação da reforma trabalhista no Senado. E Alexandre apostou que o PSDB vai sobreviver no governo, além de falar de segurança pública. Segundo ele, o Rio afunda, enquanto São Paulo reduz homicídios. Sônia Racy revelou que o  Sebrae-SP ocupa o Campos Elíseos. E Marília Ruiz denunciou os desmandos no Vasco da Gama.

Para ouvir clique aqui