Viva Viva!
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Viva Viva!

Viva! é um livro irresistível de Patrick Deville sobre Trótski e outros europeus no México insurgente

José Nêumanne

13 de fevereiro de 2017 | 10h46

Trotski na capa de Viva!

Trotski na capa de Viva!

A partir desta segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017, comentarei assuntos de variedades (literatura, música, cinema, etc) nos minutos finais da hora em que debato de segunda a sexta-feira com Haisem Abaki assuntos políticos. Na estreia, manifestei meu entusiasmo pela alta qualidade literária e a elegância de estilo de Viva!, livro do historiador francês Patrick Deville, com tradução exemplar de Marília Scalzo, sobre o agitado México revolucionário da primeira metade do século 20, para onde fugiram Trotsky, Victor Serge, B. Traven, Malcolm Lowry e outras personalidades europeias. Falei também da voz extremamente original e, por isso, inigualável do jazzista Al Jarreau, que morreu, aos 76 anos.

(Comentário no Estadão no Ar 4 da Rádio Estadão – FM 92,9 – na segunda-feira 13 de fevereiro de 2017, às 7h54m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site Estação Nêumanne, no ícone do play

Al Jarreau, cantor de jazz

Al Jarreau, cantor de jazz

 

Tendências: