Viva Moro!
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Viva Moro!

Mesmo combatido pelos políticos suspeitos no Congresso , que se recusa a aprovar seu lei anticrime, ministro da Justiça demonstra em números ótimo desempenho no combate ao crime

José Nêumanne

26 de novembro de 2019 | 14h01

Moro e presidente do Senado, Alcolumbre, dão conta aos repórteres de suas conversas a respeito das leis que ministro quer implantar combater crimes violentos e corrupção. Foto: Gabriela Biló/Estadão

Sabotado no Congresso, que ainda não aprovou seu pacote anticrime e tudo indica que não aprovará, o ministro da Justiça, Sergio Moro, tem provado competência no serviço em dados que mostram a redução de 22% dos assassinatos violentos nos primeiros meses de 2019 comparados com igual período no ano anterior. Enquanto é atacado por políticos assustados com a possibilidade de serem acusados na Lava Jato, o ex-juiz paranaense deixa claro nos números da violência, com 8.663 vidas poupadas de brasileiros, que essa falácia de Lula e de Gleisi Hoffmann de que deve ser inocentado e ter sua condenação suspensa deveria ir direto para o lixo da História.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos dos comentários de terça-feira 26 de novembro de 2019

1 – Haisem – Por que, mesmo ainda não tendo o Congresso aprovado seu  pacote anticrime, o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, tem apresentado números positivos no combate à violência, como acaba de constatar índice de violência apurado pelo portal G1, da Globo

2 – Carolina – O que você tem a dizer sobre a notícia dada pela Coluna do Estadão, segundo a qual a arrecadação com a venda de bens apreendidos com traficantes mais do que dobrou na gestão do mesmo Moro na Justiça

3 –Haisem – Por que, na sua opinião, o relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin, não aceitou recurso da defesa de Lula de adiar julgamento de seu cliente marcado para hoje no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região em Porto Alegre

4 – Carolina – O que você acha do resultado da pesquisa que mostra que 45% da população brasileira acha que o Judiciário interfere demais nos outros Poderes, o Executivo e o Legislativo

5 – Haisem – Que motivos teve, a seu ver, o ministro Gilmar Mendes para, contrariando jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, a que pertence, permitir a entrada da Ordem dos Advogados do Brasil na defesa do advogado José Roberto Santoro, a quem ele concedeu salvo-conduto

6 – Carolina – A que conclusão você chega ao ler a notícia de que estudo da Anistia Internacional constata o favorecimento de governos estaduais da Amazônia à pecuária ilegal em áreas protegidas da floresta tropical

7 – Haisem – A encenação da ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, para mostrar como é difícil a mulher calar pode incluí-la na lista dos candidatos aos prêmios de interpretação deste ano

8 – Que assunto você está abordando em seu artigo semanal no Blog do Nêumanne

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: