Vídeo nojento
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vídeo nojento

Imagem de homem exibindo o traseiro nu à câmara, enquanto outro urinava em sua cabeça pretensamente num bloco, embora numa marquise, compartilhadas por Bolsonaro em seu Twitter, causou polêmica

José Nêumanne

06 de março de 2019 | 18h20

Há quem atribua decisão de Bolsonaro de atacar carnaval a vaias no desfile de blocos de Olinda aos bonecos dele e de Michelle. Foto: Ney Douglas/EFE

O presidente Jair Bolsonaro compartilhou um vídeo no Twitter em que dois homens foram filmados exibindo os órgãos finais de seus aparelhos excretor e urinário numa performance com clara intenção de chocar os internautas e lhes deu ampla divulgação, que eles normalmente não teriam, a pretexto de condenar a devassidão de blocos de rua no carnaval. Não há blocos de dois componentes nem essas agremiações desfilam em cima de marquises, como foi o caso em tela, mas Sua Excelência, que disse que não se sentia “confortável” com a divulgação para seus 2 milhões de seguidores na rede social em texto no qual a clareza não era o forte, ainda voltou a tocar no assunto perguntando o que é “golden shower”. Este é meu comentário no Estadão às 5, retransmitido por YouTube, Twitter e Facebook do estúdio da TV Estadão na redação do jornal e ancorado por Gustavo Lopes, na quarta-feira 6 de março de 2019, às 17 horas.

Para ver o vídeo clique aqui