Valentão de araque
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Valentão de araque

Renan banca valentão para impor no grito prerrogativa de foro à milícia do Senado em proveito próprio

José Nêumanne

25 de outubro de 2016 | 09h34

Renan trata PL como bando de cangaceiros

Renan trata PL como bando de cangaceiros

O presidente do Senado, Renan, do clã Calheiros, que disputou a bala o poder no sertão de Murici com Omena, cabo feroz da PM de Alagoas, chamou de “fascista” a Operação Métis, da PF, que prendeu quatro, soltou três e manteve o chefe da Polícia Legislativa do Senado preso para investigar contrainteligência ilícita em varreduras de telefones que nem estavam grampeados pela Justiça. Chamou ainda o juiz que autorizou as buscas e apreensões, Vallisney de Souza Oliveira, de “juizeco” e o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, de “chefete” de polícia, trocando sua fama de frio pela falsa valentia de quem alardeia bravura para tentar fugir do enfrentamento de processos judiciais.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – da terça-feira 25 de outubro de 2016, às 7h10m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul