Vaias e aplausos para Bolsonaro no Maracanã
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vaias e aplausos para Bolsonaro no Maracanã

Se palmas e apupos ouvidos pelo presidente no jogo de domingo convencê-lo governar para todos os brasileiros, esta será sua decisão mais importante neste momento de crise e dificuldade

José Nêumanne

09 de julho de 2019 | 11h23

Após ter visto final da Copa América com Moro e Guedes, presidente foi ao gramado comemorar título com jogadores. Foto: Wilton Júnior/Estadão

O general Rêgo Barros, porta-voz do presidente Jair Bolsonaro, garantiu que este considera a vaia que ouviu, entre aplausos, no Maracanã depois da vitória da seleção brasileira contra o Peru na final da Copa América, o exercício de um direito do cidadão de numa democracia manifestar seu desagrado. Declaração tão ou ainda mais importante do que esta foi a de que sua ida ao estádio com vários ministros, entre os quais Paulo Guedes e Sergio Moro, faz parte de suas obrigações de chefe do Executivo. Tomara que a experiência mista de regozijo e lamento da manifestação popular da torcida na comemoração do título leve o capitão a dar um passo no rumo de entender que governa todos os brasileiros.

Para ouvir clique AQUI e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário de terça-feira 9 de julho de 2019

1 – Você achou que foi sincera a manifestação do presidente Jair Bolsonaro, transmitida por seu porta-voz, o general Rêgo Barros, sobre as vaias que ele ouviu no Maracanã na final da Copa América

2 – Você concorda com a opinião geral de que a reforma da Previdência vai ser aprovada por mérito exclusivo do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, nada se devendo ao Poder Executivo

SONORA_JOICE A 0907

3 – O que será que o relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Edson Fachin, quis dizer com a constatação de que juízes também cometem ilícitos e, se o fazem, devem ser punidos

4 – Você acha que o político gaúcho Nelson Jobim tem autoridade para reclamar dos membros do STF, que ele chegou a presidir, por terem permitido excessos da Lava Jato em seu início

5 – A que conclusão você chega ao saber que, depois desse massacre de mídia com a história das mensagens de Telegram divulgadas pelo site Intercept Brasil, o ministro da Justiça, Sergio Moro, ainda tenha conseguido ser o mais popular do gabinete de Bolsonaro

6 – Você acha que faz sentido a comparação que o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, fez entre o juiz Moro e o super-herói Batman e seus inimigos e o bandidão Coringa

7 – O que tem a ver a firula do futebol com as movimentações políticas no Brasil hoje, comparou que você usou no título de seu artigo semanal no blog do Nêumanne

8  – Será que Gustavo Montezano conseguirá, afinal, promover a tão esperada abertura da caixa-preta do BNDES, cuja presidência ele acabou de assumir

 

Tendências: