União inédita pelo impeachment de Bolsonaro

Enquanto o presidente chamava de "bandidos" senadores que o ilnvestigam na CPI da Covid no Senado, esquerda, centro-direita e ex-bolsonaristas traídos levam superpedido de impeachment à Câmara

José Nêumanne

01 de julho de 2021 | 16h30

Esquerda, centro-direita e ex-bolsonaristas reuniram argumentos de 170 pedidos de impeachment que dormem na gaveta do presidente da Câmara para tentar forçá-lo a dar início ao processo. Foto: Gabriela Biló/Estadão

“Não conseguem nos atingir, não vai ser com mentiras ou com CPI integrada por sete bandidos que vão nos tirar daqui”, discursou Bolsonaro em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, em referência ao grupo de senadores que é maioria na comissão. “Só tenho paz e tranquilidade porque sei que, além do povo, temos Forças Armadas comprometidas com a democracia e com a liberdade”, afirmou. No ponto de vista prático, a inusitada e impressionante união de forças políticas a favor do impeachment do presidente no superpedido de impeachment em nada influirá para abrir processo de impeachment. Mas politicamente é um desastre para o governo, que pode se concretizar se continuarem baixando as taxas de contágio e óbitos da covid que liberem o cidadão a manifestar-se na rua. Só isso porá fim à resistência de Arthur Lira.

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

Assuntos para comentário da quinta-feira w1 de julho de 2021

1 – Haisem – Superpedido de impeachment e denúncias pressionam Planalto – Esta é a manchete de primeira página da edição impressa do Estadão deste primeiro dia de julho de 2021. Que consequências, a seu ver, podem mudar o roteiro do que você chama de desgoverno Bolsonaro

2 – Carolina – Deputado diz ter recebido proposta de propina – Este é o título de uma chamada no alto da primeira página do jornal desta quinta-feira. Em que mais esta denúncia do deputado bolsonarista Luís Miranda pode abalar as estruturas já fragilizadas do grupo político e militar que manda no País

3 – Haisem – Intermediário da Covaxin leva vida de luxo – Este é o título de outra chamada no alto da primeira página do Estadão do dia. A que conclusões você chega ao tomar conhecimento do sucesso financeiro desse até hoje pouco conhecido senhor Francisco Emerson Maximiano

4 – Carolina – Coronel da “Abin paralela” fez ponte com a saúde – Este é o título de mais uma chamada no alto da primeira página do jornal de hoje. Que tipo de conexão a denúncia de corrupção na compra de vacinas estabeleceu com o coronel Roberto Criscuoli, do grupo que Bolsonaro chamou na reunião de 22 de abril de sua agência particular de inteligência

5 – Haisem – Brasil tem 14,7 milhões de desempregados – Este é o título de uma chamada na primeira página do Estadão deste começo do mês de julho. O que revela esse dado sobre a realidade social do País em plenas crises sanitária e econômica

6 – Carolina – Câmara do Rio cassa o mandato de dr. Jairinho por quebra de decoro – Este é o título de uma chamada de capa do Portal do Estadão que está circulando. Em que essa decisão unânime dos colegas vereadores do assassino de Henry Borel, de 4 anos, altera o panorama de impunidade que assola o país

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.