Uma absolvição de Lula
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Uma absolvição de Lula

Juiz da Lava Jato em Brasília absolveu Lula por falta de provas da acusação de ter tentado comprar silêncio de Cerveró e, com isso, perde base fantasia de que é perseguido pela Justiça por ser favorito no pleito presidencial

José Nêumanne

13 Julho 2018 | 11h25

Absolvido em processo por obstrução da justiça, Lula responde a outros cinco e a mais três denúncias. Foto: Leonardo Benassatto/Framephoto

Lula foi absolvido pelo juiz federal Ricardo Leite da acusação de ter obstruído a Justiça ao tentar comprar o silêncio do ex-diretor internacional da Petrobrás Nestor Cerveró num inquérito mal ajambrado conduzido pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot. Com isso seus acólitos veem desvanecer a fantasia de que ele é perseguido pela Justiça por ser candidato favorito nas pesquisas à eleição presidencial de outubro. No entanto, sua diligente defesa tenta nos convencer de que, ao contrário, a sentença comprovaria sua inocência a ponto de livrá-lo da pena – e, em consequência, da cadeia, decretada na segunda instância e confirmada por STJ e STF reiteradas vezes – a que foi condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Ora, ora!

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na sexta-feira 13 de julho de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

Para ouvir Pesadelo, de Maurício Tapajós e Paulo César Pinheiro, com MPB4, clique aqui

 

Abaixo, os assuntos para comentário de sexta-feira 13 de julho de 2018

 

SONORA Pesadelo, Maurício Tapajós e Paulo César Pinheiro, com MPB 4

https://www.youtube.com/watch?v=LePlhJolWas

 

1 – Haisem O juiz Ricardo Leite, da Justiça Federal, absolveu Lula da denúncia de obstrução de justiça, seguindo parecer do Ministério Público Federal. E o que é que o PT vai fazer agora com a teoria da perseguição do presidenciável que ameaça as elites?

 

2 – Carolina A seu ver, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, ainda no MDB, do Rio de Janeiro, tinha motivos para pedir habeas corpus, que terminou sendo negado pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira ou foi só para não perder o hábito de recorrer?

 

3 – Haisem O que leva o Congresso Nacional a uma corrida desenfreada numa verdadeira operação pé na jaca para arrombar o Tesouro Nacional nestes poucos dias que faltam para os parlamentares começarem a gozar imerecidas férias no recesso de fim de ano? É o sanatório geral?

 

4 – Carolina Quem você acha que vai tirar vantagem da modificação que está sendo votada no Congresso Nacional tornando flexíveis decisões tomadas para evitar influência política nas estatais?

 

5 – Haisem Você vai retirar os aplausos com os quais se manifestou aqui à oposição do Tribunal de Contas da União ao acordo de leniência da Advocacia Geral e da Corregedoria-Geral da União com a Odebrecht, vai?

 

6 – Carolina Como é que, na situação pela qual passa o Rio de Janeiro, o chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Rivaldo Barbosa, indicado pelo interventor, general Braga Neto, contratou serviços de informática sem licitação pública e ainda teve o desplante de responder à acusação feita pelo Ministério Público Federal dizendo que o fez porque não havia dinheiro público para fazer a licitação normalmente dentro da lei?

 

7 – Haisem Nesta sexta-feira 13, à véspera do quarto mês de aniversário da execução da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, sendo pressionados para aceitar a presença de uma comissão independente da Anistia Internacional, os responsáveis pela indigente intervenção militar na segurança do Rio de Janeiro nada mais têm a apresentar a não ser o silêncio a respeito de uma investigação obviamente sem rumo?

 

8 – Carolina Afinal, a Inglaterra caiu nas semifinais por causa da torcida agourenta de Mick Jagger ou da praga de Nélson Rodrigues em sua coluna no Globo indignado com os erros favoráveis graças aos quais o país-sede ganhou a primeira única Copa dos inventores do futebol, em 1966?