Um pacto pela impunidade
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um pacto pela impunidade

O PT, Temer e os políticos condenados, investigados e suspeitos de outros partidos continuam recorrendo à pressão para tentar mudar jurisprudência sobre prisão após segunda instância

José Nêumanne

18 de abril de 2018 | 19h30

Ministra Rosa Weber é principal alvo dos conspiradores contra prisão após segunda instância Foto: Fátima Meira/Futura Press

 

Em trecho de meu artigo publicado na página de Opinião (2A) do Estado de S. Paulo da quarta-feira 18 de abril de 2018, intitulado A verdade dos fatos contra lorotas no STF, descrevi o seguinte: “O Estado noticiou que Mendes visitara Temer para lhe propor nomear Alexandre de Moraes ministro da Defesa e, assim, abrir vaga no STF e garantir o voto de desempate a favor das calendas do “trânsito em julgado”.

Para ler a íntegra do texto clique aqui