Tucanos suspeitos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tucanos suspeitos

Se confirmada, suspeição sobre Aécio pode explicar inércia do PSDB no combate à corrupção de PT e aliados

José Nêumanne

07 de junho de 2016 | 08h41

Aécio sob investigação policial

Aécio sob investigação policial

Ao autorizar duas investigações sobre eventual participação do presidente do PSDB e candidato à Presidência derrotado por Dilma em 2014, Aécio Neves, o ministro do STF Gilmar Mendes dá o primeiro passo para esclarecer o escândalo do chamado mensalão mineiro, protagonizado pelo ex-governador tucano Eduardo Azeredo, principal beneficiário do escândalo de corrupção e até hoje protegido do rigor da lei. À sombra do poder do correligionário e conterrâneo, este continua solto, apesar de ter sido condenado a 20 anos de prisão na primeira instância, após perder foro privilegiado.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,92 – na terça-feira 7 de junho de 2016)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da rádio, duas vezes no play sob o anúncio azul

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: