As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tribunal propõe despautério

A sugestão de ampliar gastos do Judiciário Paulista em 55% atesta a desumanidade dos 760 desembargadores que não dão a mínima para a pandemia e a recessão que atinge pagadores de impostos

José Nêumanne

12 de agosto de 2020 | 20h25

A austeridade do edifício em que trabalham em nada inspira a atitude de casta insensível à pandemia e à recessão da ecibinua dos 760 desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo. Foto: Alex Silva/ Estadão

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) propôs ao governo estadual um aumento de R$ 6,8 bilhões em seu orçamento anual, na comparação com os valores vigentes. Trata-se de um aumento de 55% na proposta para 2021. Entre as despesas que terão maior ampliação estão o pagamento de salários e outras despesas com pessoal. R$ 12,3 bilhões. A proposta para 2021 prevê um recurso total de R$ 19,1 bilhões, foram R$ 12,3 bilhões este ano. O aumento pedido pelo TJ-SP é maior do que os valores que São Paulo teve, no orçamento deste ano, para operar o Metrô, as composições da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e todos os ônibus intermunicipais que circulam no Estado, que somaram um custo de R$ 5,5 bilhões.  Trata-se de um despautério de uma casta insensível e irrealista na atual crise.

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário da quarta-deira 12 de agosto de 2020:

1 – Haisem – Em meio à crise, Justiça de São Paulo quer elevar verba em 6 bilhões e 800 milhões de reais – é a manchete da edição impressa do Estadão de hoje. Você acha admissível estsa demonstração de insensibilidade, mais uma vez demonstrada pela cúpula do Poder Judiciário num país na situação do nosso

2 – Carolina – É mentira que haja fogo na Amazônia, afirma Bolsonaro – é o título de uma chamada no alta da primeira página do Estadão. De onde você acha que o presidente da República pode estar sacando argumentos tão distantes da realidade dos fatos

3 – Haisem – O que você acha das descobertas do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre o uso de dinheiro vivo na aquisição de bens, em especial imóveis, pelas mulheres com as quais o presidente da República, Jair Bolsonaro, contraiu matrimônio ao longo de sua vida

4 – Carolina – Justiça envia relatório sobre opositores ao Congresso e manda investigar vazamento – é o título de uma notícia que mereceu destaque no Portal do Estadão desde ontem. O que você acha que levou o ministro da Justiça e da Segurança Pública, André Mendonça, a recuar de sua posição antes intransigente contra a entrega do dossiê dos antifascistas, que tem sido muito criticado

5 – Haisem – Guedes anuncia debandada na equipe econômica – foi outra notícia que mereceu destaque durante o dia de ontem no Portal do Estadão. O que, a seu ver, teria provocado a saída de tantos figurões da gestão da economia no governo Bolsonaro nestes últimos dias

6 – Carolina – Qual é sua opinião sobre a volta do imposto de 12% sobre os livros prevista na reforma tributária do governo Bolsonaro

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: