Temer serve aos barões

Ao recuar na decisão de adiar reajuste dos vencimentos dos servidores e dar aumento absurdo de 16,38% a ministros do STF, presidente deixa claro que cuida dos privilégios de sua grei à custa do sacrifício da Nação em crise

José Nêumanne

30 de agosto de 2018 | 22h37

Temer reajusta privilégios do baronato público à custa de nossa dor

(Comentário no Jornal da Gazeta 2 quinta-feira 31 de agosto de 2018)

Para ver clique aqui

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.