As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Temer em casa, mas não livre

Na entrada de casa, o ex-presidente e seu advogado, Carnelós, agiram como se ele estivesse livre, mas o STJ limitou muito sua vida social e não o absolveu de nenhum dos crimes de que é acusado em seis processos

José Nêumanne

15 de maio de 2019 | 21h16

Temer chega à sua casa no Alto de Pinheiros em São Paulo depois após sair da PF, onde cumpriu prisão preventiva pela Operação Descontaminação da Lava Jato do Rio. Foto: Nelson Antonine/AFP

Por 4 a 0, a 6.ª Turma do STJ mandou soltar o ex-presidente Michel Temer, mas não o inocentou em nenhum dos 6 processos criminais que responde e ainda o impediu de praticar várias atividades a que qualquer homem livre está habilitado. Comentário no Jornal da Gazeta da quarta-feira 15 de maio de 2019

Para ver o comentário no Jornal da Gazeta da quarta-feira 15 de maio de 2019 clique aqui