TCU se isola resistindo a augogolpe

Autor de relatório falsamente atribuído ao TCU que Bolsonaro divulgou para defender teoria estapafúrdia da supernotificação de óbitos por covid-19 foi afastado da instituição por presidente e corregedor

José Nêumanne

11 de junho de 2021 | 20h35

Afastamento do auditor que imentiu em relatório em papel timbrado revela independência do TCU para julgar Bolsonaro, ao contrário de Congresso e Procuradoria-Geral da República. Foto: André Dusek/Estadão

1 – Ao afastar o #bolsonarista #alexandrefigueiredocostasilvamarques, autor de #elatorio espúrio denunciando #supernotificacao de mortes por #covid-19, #tcu de #anaarraes e #brunodantes se distinguiu de outras instituições que se venderam ou renderam ao #autogolpe de #jairbolsonaro. 2 – Transcrição de documento do #itamaraty com telefonema do #presidentedarepublica ao premiê da #india, #narendramodi, revelado por #oglobo, constata #lobby a favor de importação de insumos para #cloroquina para #apsen, laboratório privado de #renatospalicci, #apsen, e #bolsonarista declarado. 3 – Derrota de #keikofujimori na #eleicao para #presidentedoperu reduz parceiros do atual #desgoverno a #polonia, #hungria e #belarus. #joseneumannepinto. #diretoaoassunto. Inté. E só a verdade salvará as nossas vidas.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.